Ana Lúcia Torre critica Cassia Kis por falas homofóbicas e golpismo

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 15-04-2022 - A atriz Ana Lúcia Torres. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 15-04-2022 - A atriz Ana Lúcia Torres. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Ana Lúcia Torre condenou a radicalização política de Cássia Kis, com quem contracena na novela "Travessia", da faixa das nove. Em entrevista ao UOL, Torre desaprovou a participação de Kis nas manifestações golpistas da última semana, além da fala homofóbica da colega, numa live com a jornalista Leda Nagle.

"Não é agradável para mim. Não vou dizer em nome dos outros do elenco, mas essas falas homofóbicas, as manifestações, não fazem o meu gênero. Sou uma pessoa de extrema fé. Acredito em Deus profundamente", ela disse. "Mas o meu Deus é agregador. Ele não é preconceituoso. Por exemplo, como não vou gostar de uma pessoa negra apenas porque sou branca? É meu irmão em Cristo. Existem atitudes por aí que não gosto."

Nos bastidores da novela, um certo mal-estar se espalhou entre os artistas, sobretudo com as insistentes abordagens de Kis para falar de política e religião. Na entrevista, Torre não disfarçou o climão que paira no elenco. "Eu trabalho com ela, né? Então quando estamos juntas ela é a Cidália [personagem]. Foi a solução que encontrei para mim para não ficar um clima nesse ambiente", ela afirmou.