Ana Hikari classifica homenagem da Globo como 'extremamente racista'

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ana Hikari, 26, classificou como "extremamente racista" uma homenagem que a Globo fez aos japoneses e seus descendentes no dia 17 de junho. Na véspera do aniversário de 113 anos da imigração japonesa ao Brasil, o Mais Você mostrou um funcionário fantasiado de samurai, com o rosto pintado e falando de forma estereotipada.

"Pessoas de origem asiática não falam daquela maneira", lamentou a atriz, que viveu a Tina de "Malhação - Viva a Diferença" e "As Five", ao site Notícias da TV. "A fonética do 'l' nem existe na fonética asiática, japonesa especificamente."

"Aquilo lá é uma maquiagem que nada tem a ver com samurai", prosseguiu. "É uma maquiagem do teatro japonês, é uma coisa específica, sabe? Tudo ali tava muito... Foi extremamente racista, então, eu sinto muito que isso tenha acontecido."

Hikari, que faz parte de um grupo que debate questões raciais e de gênero na Globo, chegou a questionar o programa nas redes sociais na ocasião. "É isso o que me deixa mais chateada, sabe? De ver que por mais que a empresa dentro já esteja com essa movimentação, ainda tem ponta solta", reclamou na entrevista.

A atriz ainda afirmou que não gosta de se definir como ativista. "O que eu tento fazer é, através das minhas redes sociais, da minha comunicação, trazer esses debates sociais", disse. "Então, eu me diria uma comunicadora social."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos