Ana de Armas visitou túmulo de Marilyn Monroe e pediu permissão para estrelar "Blonde"

Ana de Armas como a atriz Marilyn Monroe em
Ana de Armas como a atriz Marilyn Monroe em "Blonde". (Foto: Reprodução/Netflix)

Antes de "Blonde" estrear no streaming, a atriz Ana de Armas revelou que sentiu a necessidade de pedir a permissão de Marilyn Monroe para contar a história de vida da atriz para o mundo. Ela declarou que fez uma visita ao túmulo da estrela de cinema, que está localizado em Los Angeles, nos Estados Unidos, antes do começo das filmagens do filme.

"Nós compramos um grande cartão, e todo mundo da equipe [do filme] escreveu uma mensagem para ela. Então fomos ao cemitério e colocamos no túmulo dela. Estávamos pedindo permissão, de certa forma", explicou a artista em entrevista à revista “AnOther”.

"Todo mundo sentiu um grande senso de responsabilidade, porque sabíamos que estávamos mostrando um lado diferente da história - quem era Norma Jeane, a pessoa por trás do personagem Marilyn Monroe?", acrescentou Ana.

“Blonde” é inspirado no livro de Joyce Carol Oates e mistura ficção com realidade ao retratar a vida de Monroe, contada através da ótica da cultura das celebridades. A obra mostra a especulação da vida de Norma Jeane Mortenson até se tornar o sex symbol, atriz e modelo conhecida como Marilyn Monroe, na década de 1950.

O longa tem Andrew Dominik (“O Assassinato de Jesse James”) como diretor e roteirista, enquanto o elenco conta com os atores Bobby Cannavale (“Nove Desconhecidos"), Adrien Brody (“O Pianista”), Sara Paxton ("Aquamarine") e Julianne Nicholson (“Mare of Easttown”). Depois de passar pelo Festival de Cinema Internacional de Veneza, o filme estreia em 28 de setembro na Netflix.