Update privacy choices
Vida E Estilo

Viola Davis diz que se arrepende de ter feito 'Histórias Cruzadas'

Yahoo Vida e Estilo
(Imagem: divulgação Disney)

Viola Davis, uma das atrizes mais celebradas da Hollywood atual, surpreendeu o público em entrevista publicada esta semana no The New York Times. Na conversa, ela confessa ter se arrependido de seu papel em ‘Histórias Cruzadas’, filme que lhe rendeu uma indicação ao Oscar em 2012.

O drama mostra uma garota branca (interpretada por Emma Stone) tomando a frente da discussão dos direitos civis numa comunidade racista nos Estados Unidos dos anos 60. “Eu senti que no final as vozes das empregadas não foram ouvidas”, explicou Viola, falando sobre a sensação a cerca do resultado final do longa.

“Eu conheço Aibileen, conheço Minny. Elas são minha mãe, elas são minha avó”, comparou, em referência a seu papel e o de Octavia Spencer, que acabou ganhando o Oscar de melhor atriz coadjuvante pela atuação. “Eu sei que, se você faz um filme cuja premissa é saber como é trabalhar para pessoas brancas na década de 60, quero ouvir como você realmente se sente. E eu não ouvi isso durante o filme”.

Apesar de contemporizar, ao dizer que sua experiência no set com as colegas de elenco e o diretor Tate Taylor foi “ótima”, Viola aproveitou a entrevista para refletir sobre sua posição atual no cinema, descrevendo a responsabilidade de ser uma inspiração para outras atrizes negras.

“Ser este modelo de comportamento e pegar este bastão quando você está lutando as batalhas de sua vida tem sido difícil. Olho para a diferença que ainda há e percebo que, uma vez que você está no topo, pode assumir um papel de liderança ou jogar tudo para o alto e se preocupar apenas com você mesma. Eu escolhi ser a líder”, finalizou.

Vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2017 por ‘Um Limite Entre Nós’, Viola Davis pode voltar a disputar a estatueta no próximo ano, por ‘Viúvas’, que estreia no Brasil em novembro.

Reações

Leia também