Update privacy choices
Vida E Estilo

O que a ansiedade pode fazer com o seu corpo

Yahoo Vida e Estilo

A ansiedade e a preocupação são sensações que afetam o nosso emocional, mas se você questionar alguém que já teve uma crise ou que convive com um transtorno de ansiedade, ela irá lhe dizer que isso também pode desencadear problemas físicos. Na verdade, diversos estudos já associaram a ansiedade a questões físicas de saúde, como as enxaquecas e as doenças da tireoide.

“Os sintomas físicos têm uma relação significativa com a ansiedade,” diz Amy Morin, psicoterapeuta e autora de ‘13 Things Mentally Strong People Don’t Do’ (13 coisas que as pessoas mentalmente fortes não fazem, em tradução livre). “Se alguém sente falta de ar, por exemplo, é mais provável que tenha pensamentos ansiosos, como ‘Eu vou morrer’. Isso, como consequência, aumenta a ansiedade. Este pode ser um círculo vicioso difícil quebrar, a não ser que você combata os sintomas físicos”.

Embora as pessoas sintam ansiedade de diferentes maneiras, Morin explica que alguns de seus sinais físicos podem incluir tensão muscular sem explicação, dificuldades para dormir, dores de cabeça e dores de estômago. Você também pode sentir fadiga, náusea, diarreia ou síndrome do intestino irritável, além de uma irritabilidade geral.

“Algumas pessoas também rangem os dentes, enquanto outras sentem dores musculares pelo fato de manterem seus músculos tensos por muito tempo,” disse ela, acrescentando que se alguém está passando por um ataque de ansiedade ou pânico, também pode ter falta de ar, suor excessivo, tontura e aumento da frequência cardíaca.

A ansiedade costuma criar uma resposta física porque faz com que seu cérebro e seu corpo entrem em um modo de sobrevivência.

[A ansiedade] pode ser um círculo vicioso difícil de quebrar, a não ser que você combata os sintomas físicos.

“O corpo ativa uma resposta de luta ou fuga quando percebe uma ameaça,” explica Morin. “Se você estivesse correndo perigo físico, esta resposta iria ajudá-lo a levar o oxigênio ao pulmão e o sangue aos músculos, para que você pudesse escapar ou se defender”.

No entanto, em pessoas com ansiedade, esta resposta de luta ou fuga é ativada mesmo quando não há uma situação de perigo físico. Por causa disso, o corpo passa muito tempo em estado de alerta, aumentando a suscetibilidade a sintomas físicos como a exaustão e os incômodos estomacais.

Se você está enfrentando alguns dos sintomas físicos descritos aqui, Morin sugere manter um diário (ou usar um aplicativo de monitoramento do humor) para ficar atento a eles. Se os sintomas persistirem, é melhor consultar um médico que possa descartar outros problemas de saúde e encaminhá-lo a um terapeuta para lidar com a ansiedade.

“É importante que alguém com transtorno de ansiedade busque ajuda profissional,” disse Morin. “Um psicoterapeuta pode ajudar a tratar não apenas os sintomas físicos, mas também os emocionais e cognitivos”.

Kimberly Truong

Reações

Leia também