Update privacy choices
Vida E Estilo

Nos cinemas, ‘Ferrugem’ mostra consequências graves de vazamento de vídeo íntimo

Diego Olivares
Yahoo Vida e Estilo
(Imagem: divulgação Olhar Distribuidora)

Apesar de ter o universo adolescente como ambiente, não há nada de pueril em ‘Ferrugem’, filme já em cartaz nos cinemas e que ganhou o prêmio de melhor longa-metragem na última edição do Festival de Gramado, encerrada há menos de uma semana.

A história começa com um grupo de alunos de um colégio de classe média, durante uma excursão. É lá que Tati (Tiffany Dopke) começa a se aproximar de Renet (Giovanni de Lorenzi). Há um interesse mútuo entre os dois, e tudo parece ir bem, até que ela perde o celular. Nos dias seguintes, vaza no whatsapp um vídeo íntimo da garota com o ex-namorado, arquivo até então armazenado no aparelho.

É uma trama de certa forma recorrente no mundo real e que transforma suas vítimas em alvo de bullying, comentários maldosos e agressões morais. Mesmo sendo um crime com pena prevista em lei, a prática é comum entre homens motivados por ciúme e raiva que acabam se escorando na crença de que a sociedade reservará um julgamento mais pesado para quem é exposto do que para quem expõe.

O diretor Aly Muritiba já foi professor de ensino médio em uma escola particular de Curitiba e viu de perto como esta geração lida com acontecimentos do tipo, e foi isto que o moveu a contar a história de ‘Ferrugem’. Numa sociedade onde a fronteira entre aquilo que é mostrado em público e o que é particular virou para lá de ambígua, o cineasta encontrou uma forma de provocar uma discussão. O filme inclusive será exibido em algumas escolas pelo país, na tentativa de iniciar um debate acerca das questões que traz.

No enredo, a jovem Tati toma uma atitude drástica diante da situação que o cerca. O peso de sua escolha recai sobre Renet, que embarca numa jornada para dentro de si mesmo até aprender a assumir responsabilidade por seus atos. Ferrugem mostra este processo evitando cair no sensacionalismo e, por isso mesmo, pode causar certa estranheza ao público. Porém, tem sensibilidade suficiente para transformar em cinema assuntos delicados.

3 Reações

Leia também