Update privacy choices
Vida E Estilo

Fernando Fernandes fala sobre sexo depois de acidente que o deixou paraplégico: 'Foi um dos meus grandes medos'

Redação Vida e Estilo
Yahoo Vida e Estilo
Fernando ficou paraplégico em 2009, após um acidente de carro (Reprodução/ Instagram/ @fernandoflife)

Fernando Fernandes falou sobre sua preocupação com seu desempenho sexual, depois do acidente de carro que o deixou paraplégico, em 2009. O ex-BBB contou,em entrevista à revista “Quem”, que depois de enfrentar a angústia de não saber se voltaria a andar, teve medo de perder a ereção.

“Sem dúvida temi que isso pudesse acontecer. Acho que todo mundo que passa por uma situação como a minha teme. Todos os homens têm essa insegurança. Talvez da mesma forma que temos em relação a saber se vamos andar ou não. Esse foi um dos meus grandes medos. O primeiro foi o de saber se eu voltaria a andar ou não. O segundo, se eu teria ereção ou não”, afirmou Fernando Fernandes à publicação.

Leia mais:
Maisa Silva é convidada para participar de versão de ‘Rebelde’ no México
Gretchen se declara no aniversário de Thammy Miranda: ‘Se tornou um homem forte’

O atleta de paracanoagem e apresentador revelou que ficou sem sequelas na ereção e que 15 dias após o acidente fez sexo com uma ex-namorada. “Foi no hospital ainda. Quinze dias depois da minha lesão. Uma ex-namorada que morava na Grécia estava aqui no Brasil e foi com ela. A única coisa que não foi legal foi a enfermeira entrar na hora (risos). De resto foi lindo. Cada caso é muito específico. Eu consegui me reencontrar e descobrir a minha funcionalidade”, relembrou Fernando Fernandes.

O ex-BBB também falou sobre a importância da autoestima para conseguir manter sua vida sexual ativa. “No começo lidei com muitas incertezas. Aquele medo do homem de como iria ser, de como minha autoestima iria ficar… Porque quando se pensa em vida sexual é inevitável não falar de autoestima. Tem que ter autoestima para chegar ao momento. O mais importante para mim até chegar nesta parte sexual era conquistar a autoestima. A partir do momento que comecei a me sentir capaz e a me sentir um homem inteiro, mesmo sem estar com a pernas funcionando, tive essa autoestima para ir atrás de um relacionamento e chegar ao ato sexual. Muita gente perde essa autoconfiança e a habilidade de se relacionar quando perde alguma mobilidade ou nasce com ela. A partir do momento em que tive esse entendimento, percebi que a mudança seria apenas nas posições. Tive que me adaptar. De resto, é tudo igual”, explicou ele.

15 Reações

Leia também