Update privacy choices
Vida E Estilo

Elenco de '13 Reasons Why' recebe aumento salarial para fazer 3ª temporada da série

Diego Olivares
Yahoo Vida e Estilo
(Imagem: divulgação Netflix)

Cada um dos integrantes do elenco principal de ’13 Reasons Why’ vai chegar ao final da terceira temporada da série com a conta bancária engordada em mais de US$ 1 milhão. É este o acordo fechado esta semana entre os atores e a Netflix.

De acordo com o site Deadline, o ator Dylan Minnette, que interpreta o protagonista, teve o salário aumentado para cerca de US$ 200 mil por episódio. Já Brandon Flynn, Alisha Boe, Justin Prentice, Christian Navarro, Miles Heizer, Devin Druid e Ross Butler receberão US$ 135 mil por episódio. A próxima temporada da série, prevista para 2019, terá 13 episódios.

Se depois da primeira temporada de ’13 Reasons Why’ muitos especialistas em psicologia e comportamento adolescente se incomodaram com a forma que a série tratou temas como suicídio, depressão, violência sexual e bullying, a segunda temporada, lançada em maio, fez as críticas aumentarem, muito por conta de uma cena pesada de violência sexual no último episódio. Até mesmo fãs da atração consideraram que o nível caiu, de forma geral.

Mesmo assim, a Netflix não hesitou em anunciar a continuação, e até demonstrou um certo desdém com a controvérsia. “É controverso”, admitiu Reed Hastings, CEO da empresa, em encontro virtual com os acionistas, em junho. “Mas ninguém é obrigado a assistir. ’13 Reasons Why’ é conteúdo engajador que tem sido muito popular e de sucesso.”

Como manda a lei do mercado, acima de qualquer preocupação social estão os números. Segundo o instituto de pesquisa Nielsen, a segunda temporada da série foi vista por 6 milhões de espectadores nos EUA, apenas considerando seu final de semana de estreia.

1 Reações

Leia também