Ameaçada por ex-marido, Gretchen conta que passou 30 anos sem ver o filho: 'Ele não deixava'

Foto: Reprodução/YouTube

Gretchen é considerada uma mãezona, mas a vida nem sempre foi fácil para essa mulher guerreira. Segundo ela, o pai de Delcinho, filho biológico da artista, obrigou a rainha do rebolado a se afastar do herdeiro quando ele ainda era criança.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Em uma participação no canal da jornalista Leda Nagle, Gretchen contou que o relacionamento com o pai do menino foi marcado por muito problemas, incluindo a violência doméstica.

Leia também

“Ele (ex-marido) me espancava, me batia. Até que consegui fugir de casa com meu filho. Só que ele era uma pessoa financeiramente poderosa, que me fez abrir mão da guarda do meu próprio filho”, disse ela.

Ameaçada, Gretchen afirma que não teve outra escolha no período. “Ele disse que se eu não assinasse o documento era a vida do meu filho ou a minha. Preferi abrir mão do que ter a vida do menino em risco. Ali foram 30 anos longe dele”, lamenta.

Depois que o documento foi assinado, Gretchen teve de se conformar com a situação. Ela mandava cartas, ligava, mas não tinha sequer uma notícia. “Fazia de tudo, mas ele nunca deixou eu ver o meu filho. Agora, há pouco tempo, foi que consegui revê-lo”, diz a cantora, que encontrou o rapaz em Nova York.

“Ele mora lá, é casado e vai ser pai em outubro. A nossa relação é um pouco difícil, mas os poucos dias que passamos juntos foi como se a gente sempre estivesse junto”, disse ela, emocionada.

Leda Nagle lamentou o episódio difícil na vida da cantora e afirmou que Gretchen já passou por muitas lutas. A artista concordou, lembrou que sofria com seu pai alcoólatra e falou de quando um filho morreu em seus braços.

“Acho que Deus me deu essa missão de ser um exemplo como mulher. Acho que tenho que ser exemplo como mãe para um transexual, exemplo de mãe que perdeu um filho nos próprios braços”, concluiu a morena.