Amber Heard segura choro durante leitura de veredito a favor de Depp

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A batalha judicial de Amber Heard, 36, e Johnny Depp, 58, chegou ao fim nesta quarta-feira (1º). O júri, composto por sete pessoas, deveria decidir se a atriz difamou o ex-marido, e, durante a leitura do veredito com respostas a favor do ator, Heard segurou o choro enquanto estava na corte.

Depp pedia US$ 50 milhões, cerca de R$ 237 milhões, para Heard por um artigo de opinião que a atriz publicou um editorial para o jornal The Washington Post, em dezembro de 2018, no qual ela se descreve como uma "figura pública que representa o abuso doméstico".

Em uma contra-acusação, Heard pediu US$ 100 milhões, cerca de R$ 475 milhões, alegando ter sofrido "violência física e abuso desenfreados". Os dois começaram a namorar em 2011, se casaram em 2015 e no ano seguinte deram entrada no pedido de divórcio, finalizado apenas no ano de 2017.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos