Amber Heard recorre de sentença por difamação contra Johnny Depp

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Amber Heard registrou na tarde desta quinta-feira (21) a apelação na qual recorre contra a sentença que a condenou a pagar US$ 10,35 milhões ao ex-marido, o ator Johnny Depp, por difamação. A atriz já havia feito um pedido de anulação do julgamento. As informações são do portal Deadline.

Heard já havia declarado que pretendia recorrer da decisão quando foi condenada a pagar US$ 15 milhões a Depp, após um artigo publicado em 2018 pelo Washington Post, no qual a artista dizia ser uma sobrevivente de violência doméstica.

O nome do astro da franquia "Piratas do Caribe" não foi citado, mas seus advogados alegaram que a atriz fazia referências ao ex-marido. O valor foi diminuído para US$ 10,35 milhões.

"Acreditamos que o tribunal cometeu erros que impediram um veredito justo e consistente com a primeira emenda", disse um porta-voz da ex-estrela de "Aquaman" ao Deadline. "Portanto, estamos recorrendo da sentença. Embora percebamos que o arquivamento de hoje 'acenderá as fogueiras' do Twitter, há medidas que precisamos tomar para garantir justiça e equidade."

Um representante de Depp se manifestou após a divulgação do pedido de apelação. "O júri ouviu as extensas provas apresentadas durante o julgamento de seis semanas e chegou a um veredicto claro e unânime de que a própria ré difamou o Sr. Depp, em várias instâncias. Continuamos confiantes em nosso caso e que este veredicto será válido."

Heard e Depp foram casados entre 2015 e 2017 e se processaram mutuamente por difamação. A atriz foi condenada a pagar US$ 15 milhões ao ex-marido, enquanto o ator deveria desembolsar US$ 2 milhões.

Ainda de acordo com o Deadline, Heard ainda não fez o pagamento de US$ 8 milhões de caução para dar seguimento à apelação da corte do Estado de Virginia. Após o processo, a artista perdeu seu papel em "Aquaman", sendo substituída por Emilia Clarke.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos