Amber Heard recebeu James Franco um dia antes de pedir divórcio de Johnny Depp

Amber Heard e James Franco. Foto: Brendan Smialowski/Pool via REUTERS/Bruce Glikas/WireImage/Getty Images
Amber Heard e James Franco. Foto: Brendan Smialowski/Pool via REUTERS/Bruce Glikas/WireImage/Getty Images

Resumo da notícia:

  • Amber Heard confessou que esteve com James Franco em casa antes de pedir o divórcio

  • Ela recebeu o ator na noite anterior ao pedido de separação de Johnny Depp

  • A atriz contou ser amiga íntima do astro, com quem fez dois filmes

Amber Heard confessou que encontrou com James Franco na noite anterior ao pedido de divórcio de Johnny Depp. De acordo com a People Magazine, durante depoimento contra o ex-marido no tribunal, na tarde de terça-feira (17), a atriz contou que recebeu o astro em casa.

Questionada por Camille Vasquez, advogada de Depp, sobre o seu primeiro testemunho, quando pediu uma ordem de restrição temporária de violência doméstica, em 27 de maio de 2016, Heard disse que estava "desmoronando" e com dificuldades para dormir.

Na sequência, Vasquez perguntou o motivo dela se sentir confortável com James Franco na noite de 22 de maio de 2016. "Não sei quando James veio", respondeu a atriz. No entanto, a advogada reproduziu imagens das câmeras de segurança do elevador da residência de Heard, que mostraram o encontro.

O registro exibe que eles se reuniram em 22 de maio de 2016, por volta das 23h, a noite anterior ao pedido de divórcio. "É onde eu morava, sim", disse ela ao confirmar que eles estavam indo para a cobertura e dizer que é amiga íntima do ator, com quem fez dois filmes.

A atriz ainda disse que Depp tinha crises de ciúmes e acusava a ex-esposa de ter casos com seus colegas de elenco além de pedir que ela parasse atuar.

Sobre o caso Amber X Depp

Vale lembrar que Johnny Depp está processando Amber Heard por danos morais. Não é por acaso que o julgamento acontece na Virgínia, estado onde o Washington Post é impresso nacionalmente e tem uma versão mais maleável da lei Anti-SLAPP (Ações Estratégicas Contra a Participação Pública). Por lá, pedidos de indenização por danos morais costumam ter mais sucesso na Justiça.

As sessões deverão ter muitos famosos, a exemplo de Elon Musk. Depp suspeita que o CEO da Tesla e da SpaceX seja o pai da filha de Amber. Em outras oportunidades, o ator acusou a ex-esposa de manter uma relação a três com a modelo Cara Delevigne e o CEO da Tesla e da SpaceX quando ainda estava casada com ele.

James Franco deverá falar como testemunha de defesa de Amber Heard. A atriz diz que chegou a mostrar os hematomas das agressões que sofria de Johnny Depp em casa para o ator. Do lado de Johnny Depp, Paul Bettany irá defender o ator e provavelmente terá que se explicar sobre as conversas comprometedoras que teve com o amigo no período da separação. Clique aqui para saber tudo sobre o caso.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos