Amber Heard nega rumores de que foi cortada de 'Aquaman 2'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Um porta-voz disse: “O boato continua como desde o primeiro dia – impreciso, insensível e um pouco insano
Um porta-voz disse: “O boato continua como desde o primeiro dia – impreciso, insensível e um pouco insano". (Foto: Evelyn Hockstein/Pool via AP)

Amber Heard negou relatos de que seu papel foi cortado de 'Aquaman 2'.

De acordo com o ‘Just Jared’, a atriz, de 36 anos, seria substituída em seu papel de US$ 2 milhões na sequência de 'Aquaman'.

O relato ocorreu horas depois que Heard repetiu suas alegações de abuso doméstico contra o ex-marido Johnny Depp, 58, apesar de ter sido considerada culpada de difamação por acusá-lo de agressão sexual.

No entanto, a equipe de Heard disse ao ‘Entertainment Tonight’ na terça-feira (14.06.22) que não era verdade.

Um porta-voz disse: “O boato continua como desde o primeiro dia – impreciso, insensível e um pouco insano.”

O site ‘Just Jared’ havia relatado que Heard – que já concluiu as filmagens da sequência do filme de ficção científica de 2018, no qual ela estrelou ao lado de Jason Momoa, 42, e Nicole Kidman, 54 – foi oficialmente retirada do elenco após a Warner Bros. “testar o filme na tela”.

Eles ficaram preocupados com o feedback do filme, que deve ser lançado em dezembro, e concluíram que as cenas de Heard deveriam ser refeitas com outra atriz. “A Warner Bros. decidiu reformular o papel de Amber Heard depois de testar o filme. Eles vão fazer refilmagens com Jason Momoa e Nicole Kidman”, afirmou uma fonte à publicação.

Uma petição online para tirar Heard da sequência também foi iniciada no final dos procedimentos legais, atraindo quase cinco milhões de assinaturas em questão de semanas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos