Amazon vai entrar pesado no futebol brasileiro

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Antes de fechar com a Neo Química, o Corinthians conversou sobre a venda do nome de seu estádio com a Amazon (Divulgação/Corinthians)
Antes de fechar com a Neo Química, o Corinthians conversou sobre a venda do nome de seu estádio com a Amazon (Divulgação/Corinthians)

Patrocinar a camisa do Flamengo, comprar o nome da arena corintiana, adquirir o Canindé... As primeiras negociações envolvendo a Amazon no futebol brasileiro não vingaram, mas a gigante norte-americana está chegando para ficar. E com cada vez mais força.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

As primeiras experiências estão sendo com transmissões. Neste sábado, a Twitch TV, empresa da Amazon, exibiu a final do Campeonato Paulista sub-20 entre Palmeiras e Corinthians. Neste domingo, é a vez de o Athletico mostrar sua partida contra o Vasco.

Leia também:

A Amazon ainda negocia a compra dos direitos de transmissão da Copa América de 2021 e discute outros modelos de parceria no futebol nacional. Patrocínio na camisa seria só uma das modalidades possíveis.

Vale lembrar que a Amazon surgiu como uma empresa de tecnologia, mas se transformou numa das maiores companhias do mundo em e-commerce, computação em nuvem, streaming e inteligência artificial, ao lado de Google, Apple, Microsoft e Facebook.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos