Amamentar torna crianças mais propensas a comerem vegetais, diz estudo

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Todo mundo sabe que é uma batalha fazer as crianças comerem verduras e legumes. A maioria delas não gosta de comida saudável e um estudo acaba de descobrir uma saída para resolver isso desde cedo: a amamentação.

Pesquisadores do Monell Chemical Senses Centre, na Filadélfia, descobriram que amamentar expõe os bebês ao sabor dos vegetais através do leite. Quando a criança começa a comer alimentos sólidos, o sabor de muitos vegetais é forte para ela e essa sensação pode ser reduzida graças ao leite materno.

“A experiência sensorial de cada bebê é única, mas o sabor de sua primeira comida, começando já no útero, depende do que a mãe come”, explica Julie Mennella, que lidera a pesquisa. Quando uma grávida come vegetais, eles temperam o fluido amniótico e, em seguida, o leite materno. Isso ajuda o bebê a se acostumar com o gosto.

Ao todo, 97 mulheres participaram do estudo e foram instruídas a tomarem sucos de beterraba, aipo e cenoura e a monitorarem os hábitos alimentares dos filhos. As participantes foram divididas em cinco grupos: três deles beberam os sucos por um mês antes de amamentar em períodos diferentes, um começou quando os bebês estavam com duas semanas de vida e o outro, após seis semanas do nascimento. Houve também um grupo que não tomou os sucos em nenhum momento.

Quando as crianças começaram a comer alimentos sólidos aos oito meses, as mães ofereciam a elas três tipos de cereais: simples, com cenoura e brócolis. Descobriu-se que os bebês cujas mães haviam começado a beber os sucos no primeiro estágio preferiam os cereais vegetais ao comum. Isso prova que ações repetidas podem mudar completamente o jeito que a criança se alimenta.