Amado Batista é notificado judicialmente por comentários contra Lula

·1 minuto de leitura
Amado Batista está sendo processado criminalmente por Lula (reprodução / instagram @amadobatistaoficial)
Amado Batista está sendo processado criminalmente por Lula (reprodução / instagram @amadobatistaoficial)

O cantor Amado Batista será notificado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco após uma entrevista que deu à uma rádio em que cita o governo do presidente Lula de forma pejorativa. O cantor é apoiador do governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

Após receber a notificação, o cantor terá o prazo de 15 dias para se explicar por ter dito que “antes do Bolsonaro, o dinheiro brasileiro era investido para ajudar países comunistas” em entrevista ao programa ‘Frente a Frente’ da Rede Nordeste de Rádio.

Leia também:

A ação foi movida pelo ex-presidente Lula, com uma interpelação judicial, no último dia 28 na 5ª Vara Criminal da Capital de Pernambuco. O juiz da ação é José Anchieta Felix da Silva.

Há cerca de um mês, o primeiro evento presidencial de Jair Bolsonaro em viagem a Goiás, foi um almoço com o cantor. Batista teria feito um churrasco para o presidente, em sua fazenda, e para tal matado cerca de 10 bois para alimentar a comitiva e convidados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos