Quer uma pele linda? Saiba quais alimentos fazem bem e os que prejudicam a sua beleza

(Foto: Getty Images)

Por Natália Leão (@natileao_)

Alguns alimentos podem te ajudar a perder peso, outros a melhorar seu sistema imunológico e até seu humor. Mas você sabia que existem alimentos que fazem bem - e outros que fazem mal - à saúde da sua pele? Alimentos ultraprocessados e com aditivos químico podem causar inflamação nas células. Além de doenças, uma dieta baseada em industrializados e com “calorias vazias” pode acelerar o envelhecimento da pele.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“Uma alimentação variada, equilibrada e saudável pode fornecer proteínas, antioxidantes e agentes anti-inflamatórios importantes para retardar o envelhecimento precoce”, afirma Lucas Portilho, consultor e pesquisador em Cosmetologia, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma e Pesquisador em Fotoproteção na Unicamp. Já a dermatologista Dra. Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, explica que “muitos alimentos podem acelerar o processo de envelhecimento cutâneo”. Sendo assim saiba o que privilegiar no seu prato para manter a pele bonita e saudável.

Leia também

Coloque no prato

(Foto: Getty Images)


Soja: Ela contém isoflavonas, que atuam na prevenção e redução da degradação do colágeno, além de combater radicais livres. Pela sua atuação no colágeno, a soja ainda colabora para melhorar o aspecto da celulite.

Laranja, morango e acerola: A Vitamina C, muito presente nessas frutas, auxilia na síntese de colágeno, ou seja, ingeri-las também traz benefícios para a pele. Além disso, a vitamina tem ação antioxidante e auxilia a combater os danos ambientais.

Mamão, tomate, abóbora e cenoura: São repletos de betacaroteno, substância está que ajuda a proteger a pele contra os efeitos dos raios solares. Esse tipo de antioxidante age no combate aos radicais livres, que estão fortemente ligados à destruição do colágeno.

Castanha-do-pará: O mineral selênio, presente nessa castanha, tem uma ação importante ao prevenir e retardar o envelhecimento e age para manter a elasticidade da pele.

Cacau: O principal ingrediente do chocolate é um antioxidante poderoso, que melhora a circulação e retarda o aparecimento das rugas. Mas ao comer um chocolate, lembre-se que a melhor opção é o amargo, rico em flavonoides.

Salmão, atum e truta: O ômega 3 presente nesses peixes e em sementes oleaginosas ajudam a hidratar a pele, por conta das ceramidas, que também protegem contra inflamações e alergias.

Tire do prato

(Foto: Getty Images)


Doces: O açúcar em excesso pode interagir com as proteínas e gorduras para causar os AGEs (Agentes avançados de glicação) que alteram as estruturas e funções do colágeno e elastina, causando desordens na pele, com aparecimento de rugas, flacidez e manchas.

Refeições rápidas de micro-ondas: Alimentos prontos e ultraprocessados podem ser um perigo. Além de vários aditivos químicos, há alta concentração de sódio e carboidratos nesses produtos. Com o alto consumo de sal, o corpo retém mais líquido e a pele sofre com isso, ficando desidratada e muitas vezes com sinais de inchaço e cansaço.

Carne vermelha: A carne vermelha, rica em gordura saturada, aumenta o colesterol ruim e pode inibir a atividade da SIRT1 (proteína que estimula a longevidade das células) levando a uma vida útil celular reduzida. Isso tem relação direta com o processo de envelhecimento.

Queijos amarelos: Além do alto teor de gordura, os queijos prato, coalho, emmental, brie, cheddar, mussarela, parmesão, entre outros, como são derivados de leite podem aumentar a expressão do hormônio IGF-1, que tem relação com a produção exacerbada de sebo e acne.