Alexandre Frota pagará a Chico Buarque mais R$ 30 mil após ofensas no Twitter

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado federal Alexandre Frota, do PSDB de São Paulo, terá de pagar mais R$ 30 mil a Chico Buarque após xingar o músico no Twitter, há cinco anos, de "filho da puta", dizendo que ele "chorava por não poder mais roubar livremente". A decisão de Justiça carioca veio após Frota já ter pago R$ 50 mil por danos morais a Chico no ano passado —mas então o artista recorreu e pediu os juros.

Na ocasião, Frota escreveu, se referindo ainda a Caetano Veloso e Gilberto Gil, que "o que esses merdas pedem não é o 'volta Lula', mas o volta mamata", fazendo referência a supostas verbas desviadas da Lei Rouanet. Em sua defesa, Frota havia dito que o caso era apenas de uma "crítica ácida", sem ter atingido a honra dos artistas.

Agora, a Justiça definiu que Frota terá de divulgar em sua conta no Twitter o conteúdo da condenação. Mas, seguindo uma posição política mais branda desde que deixou de ser um apoiador do presidente Jair Bolsonaro, do PL, o candidato a deputado estadual por São Paulo não vai recorrer e fará o que for pedido.

"Vou pagar e encerrar o assunto, simples assim", resumiu ele ao portal UOL Splash. Ele diz ainda adorar o músico, ser seu fã e que já jogou futebol com ele ao lado de outras estrelas como Eri Johnson —que gravou vídeo apoiando a candidatura de Frota— e Marcos Palmeira. "Farei o que a justiça determinar com muita tranquilidade", concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos