Além de "Os Bons Companheiros": 6 obras para celebrar a carreira de Ray Liotta

Ray Liotta: personagens icônicos além de
Ray Liotta: personagens icônicos além de "Os Bons Companheiros" (Fotos: divulgação/Rockstar/Miramax)

Resumo da notícia:

  • Além de "Os Bons Companheiros": seis obras para celebrar a carreira de Ray Liotta

  • Ator mostrou versatilidade com personagens cômicos e dramáticos

  • Até nos games, com "GTA: Vice City", Liotta fez história com um papel icônico

Ray Liotta será lembrado para sempre por ter estrelado um dos maiores filmes da história: "Os Bons Companheiros", de Martin Scorsese. Morto nesta quinta-feira (26), aos 67 anos, o astro, no entanto, ofereceu muitos outros trabalhos marcantes para a arte, além do clássico dos filmes de máfia.

“Eu fiz um pouco de tudo na minha carreira, mas parece que os vilões realmente se destacam na memória das pessoas", disse o astro no ano passado ao site brasileiro Omelete, mencionando, claro, Henry Hill.

Em celebração à carreira de um dos dos maiores atores da sua geração, relembramos abaixo cinco filmes que merecem ser revistos quase exclusivamente pela atuação do ator nascido na Nova Jersey, nos Estados Unidos. Mas também está liberado rever "Os Bons Companheiros" (sempre).

Totalmente Selvagem (1986)

Interpretando um violento ex-marido, Ray Liotta despontou para o estrelato no longa de Jonathan Demme. Ao mostrar seu talento para a comédia com o personagem, Lliota ganhou uma indicação ao Globo de Ouro.

Campo dos Sonhos (1989)

Com Kevin Costner, Ray Liotta estrelou o clássico dos anos 1980 envolvendo espíritos de grandes jogadores de beisebol e fez muita gente chorar ao interpretar o jogador "Shoeless" Joe Jackson, afastado do esporte após um caso de suborno.

Cop Land: a cidade dos tiras (1997)

Um dos filmes mais subestimados da carreira dele - e também da de Sylvester Stallone, Robert De Niro, Harvey Keitel. O elenco de peso ajuda a dar profundidade a um longa policial sobre uma série de estranhos assassinatos em um vilarejo dos Estados Unidos.

GTA: Vice City (2002)

Além do cinema, Ray Liotta fez história nos videogames. O ator dublou Tommy Vercetti, o protagonista de GTA: Vice City, um dos jogos mais importantes da franquia e de toda a história. A Rockstar, produtora do game, homenageou o ator nesta quinta-feira (26).

História de um casamento (2019)

Como coadjuvante, Ray Liotta roubou a cena em "História de um casamento" ao interpretar um advogado durão e muito ligado em questões de dinheiro, que representava o personagem de Adam Driver. As cenas dele com Laura Dern estão entre as mais divertidas do sofrido filme de Noah Baumbach.

Nem um Passo em Falso (2021)

Voltando a interpretar um mafioso, assim como em "Os Bons Companheiros", Ray Liotta tem uma participação marcante no thriller policial de Steven Soderbergh. A sua cena durante um jantar com os personagens de Don Cheadle e Benicio del Toro provavelmente será lembrada como o último momento magistral do ator em cena.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos