Além de Jumanji: 5 vezes em que a Globo preferiu passar filmes no horário do futebol

Rafael Monteiro
·5 minuto de leitura
Jumanji, Homem-Aranha, Noé... A Globo já irritou muitas torcidas (reprodução)
Jumanji, Homem-Aranha, Noé... A Globo já irritou muitas torcidas (reprodução)

O título do Campeonato Carioca do Flamengo não poderia ter tido um final mais pitoresco. Após imbróglio judicial do clube carioca com a TV Globo, a vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense foi exibida pelo SBT, com narração de Téo José (emprestado pelo Fox Sports) e reportagens de Smigol. No mesmo horário, a emissora carioca preferiu exibir a novela Fina Estampa e o filme Jumanji: Bem-Vindo à Selva

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Nas redes sociais, além da vitória no campo, torcedores flamenguistas se gabaram da audiência registrada da partida no estado do Rio de Janeiro: às 22h57 desta quarta-feira (15), a emissora de Silvio Santos batia o filme estrelado por Dwayne Johnson, o The Rock, por 34,6 a 16,8 pontos.

Leia também

Na audiência nacional, no entanto, a Globo não foi ameaçada. Em São Paulo, por exemplo, às 21h41, a novela Fina Estampa registrava 32,8 pontos contra 11,3 da final do Campeonato Carioca. A transmissão completa do Fla x Flu, segundo o jornalista Ricardo S no Twitter, teve média 11 pontos entre televisores paulistas - contra 30,6 da Globo.

Entreveros entre torcedores e TV Globo como este não são um fato novo. Abaixo, relembramos cinco vezes em que a emissora carioca deixou de transmitir jogos - alguns deles importantes - para exibir blockbusters do seu catálogo, fazendo muita gente que ama o futebol (e principalmente o seu clube de coração) se sentir desprestigiada. Mas vale destacar: a “vênus platinada” não perdeu o a liderança geral da audiência em nenhum dos casos citados.

Flamengo x Vasco por Vai que Cola - Filme - 2019 e A Dona do Pedaço

Faltando duas semanas para o seu final, A Dona Do Pedaço, de Walcyr Carrasco, vinha bem de audiência no final do ano passado, com média geral de 35,97 pontos (a quarta melhor registrada entre novelas da TV Globo na década). Para não ter que reduzir um dos capítulos do folhetim, a emissora optou por trocar o clássico Vasco x Flamengo de 13 de novembro por Vai que Cola - O Filme, estrelado por Paulo Gustavo. A comédia aproveitou o embalo da novela e garantiu 24,1 pontos - uma boa média para o horário. Ainda assim, torcedores reclamaram por não terem visto o clássico carioca, um jogaço que terminou que terminou em 4 a 4.

Santos x XV de Piracicaba por O Espetacular Homem-Aranha - 2015

O episódio que tira até hoje os santistas do sério. Em vez de exibir Santos x XV de Piracicaba, confronto das quartas de final do Campeonato Paulista de 2015, a Globo preferiu exibir o filme O Espetacular Homem-Aranha para São Paulo às 16h do domingo de 12 de abril de 2015. Todos os outros estados tiveram futebol no horário. Na época, Tiago Leifert, então apresentador do Globo Esporte, alegou que a emissora só tinha o direito de exibir uma partida por final de semana e, como já havia transmitido Corinthians x Ponte Preta um dia antes, precisou levar o jogo do Santos para o pay-per-view. Sem grande divulgação, o longa estrelado por Andrew Garfield conseguiu apenas manter a audiência média da emissora no domingo, que já vinha baixa com o Paulistão, com 12,4 pontos.

Corinthians x Shakhtar Donetsk por Noé - 2016

Florida Cup dá audiência? A Globo não quis pagar para ver em 20 de janeiro de 2016. A emissora preferiu passar Noé no lugar do confronto (com cara de amistoso) Corinthians x Shakhtar Donetsk, vencido por 3 a 2 pelos paulistas, com direito a dois gols de Angel Romero. No mesmo horário da partida, o filme bíblico estrelado por Russell Crowe conseguiu uma audiência satisfatória para uma quarta-feira à noite de janeiro: 20 pontos de média.

Gama x Santos por Percy Jackson e o Mar de Monstros - 2016

Em 2016, a Globo pretendia transmitir Gama x Santos, partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil. Talvez prevendo que o jogo realizado em 20 de julho terminaria num 0 a 0 bem chato, a emissora mudou de programação de última hora e exibiu o filme Percy Jackson e o Mar de Monstros na faixa das 22h da quarta-feira. Dessa vez, mesmo em período de férias escolares, a ideia não deu certo e houve perda de audiência: o longa registrou 21,9 pontos, um bom número (repare: superior até mesmo ao registrado por Noé no mesmo ano e horário), mas menor do que a média registrada pelas últimas quatro partidas de futebol exibidas no mesmo horário, 26,5.

Athletico e Fluminense por Capitão América 2: O Soldado Invernal - 2018

A partida era decisiva, mas a TV Globo não deu muita bola. Athletico e Fluminense se enfrentaram pela semifinal da Copa Sul-Americana, na Arena da Baixada, enquanto os cariocas assistiam ao filme Capitão América 2: O Soldado Invernal na plim-plim O longa da Marvel conseguiu 21 pontos de média no Rio de Janeiro - um número satisfatório para o mês de novembro. A partida, que terminou com vitória dos mandantes por 2 a 0, foi exibida somente no Sportv, canal fechado do Grupo Globo.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.