Além de Calcinha Preta: por onde andam as bandas de forró dos anos 90?

Imagens das bandas de forró Cavalo de Pau e Limão com Mel. Foto: Divulgação
Imagens das bandas de forró Cavalo de Pau e Limão com Mel. Foto: Divulgação

Resumo da notícia:

  • Além de Calcinha Preta, as últimas décadas foram marcadas por grupos de forró consolidados

  • Conjuntos criados no Nordeste têm mantido a tradição do gênero em meio às modernidades

  • Em mês de São João, relembre as bandas de sucesso dos anos 1990 que permanecem em atividade

Nascido nos bailes populares de Pernambuco do final do século XIX, foi em meados da década de 1930 que o forró se integrou nos cantos do Nordeste do Brasil. Por volta de 1950, o gênero se popularizou pelo eterno ícone de composições e vocais Luiz Gonzaga. Décadas depois, a partir dos anos 1990, uma nova fase do estilo musical ganhou o coração - e os ouvidos - dos brasileiros com o sucesso de bandas como Magníficos e Calcinha Preta.

Elementos como a guitarra, teclado e baixo elétrico passaram a fazer parte do gênero que foi se adaptando à cena popular sem perder a raiz do ritmo arrasta-pé. Mas nem só de Paulinha Abelha e companhia se firmou o forró das últimas décadas. Grandes grupos que seguem na estrada até hoje também nasceram nos estados nordestinos e fizeram muito sucesso como disseminadores da "palavra do forró".

No mês das festas de São João regadas pelo ritmo, relembre outras bandas que fizeram história e continuam produzindo música.

Magníficos

Formada em 1995, no mesmo ano da gloriosa Calcinha Preta, a Magníficos surgiu no interior da Paraíba, na cidade de Monteiro, para ganhar o nordeste e o Brasil. Sucessos como "Me Usa", "Verdadeiro Amor", "Meu Tesão é Você", e "Carta Branca" marcaram a trajetória de mais duas décadas da banda.

Hoje, com 654 mil seguidores no Instagram, a banda se define como a "Preferida do Brasil", com turnê do mês de São João pelo Nordeste nas vozes de Fernando Frajola e Ohara Ravick. O mais recente lançamento "Magníficos na Praia" traduz a modernidade do forró eletrônico junto do viés romântico tradicional do estilo musical.

Cavalo de Pau

Original do Ceará, a banda Cavalo de Pau surgiu em 1993 como uma das pioneiras no forró. Com sucessos como “Timidez”, “Seis Cordas” e “Razões", o grupo seguiu firme na disseminação do estilo musical ao passar por diversas formações nos últimos 29 anos.

Atualmente, o conjunto conta com 263 mil seguidores no Instagram, denominado como "Forró das Antigas" com Elaine Fernandes, Alex Santos e Sabrina Araújo, e tem investido em trilhas sonoras de São João, uma das festas mais comemoradas no Nordeste ao som do gênero.

Limão com Mel

No mesmo ano de Cavalo de Pau, surgiu a pernambucana Limão com Mel, na cidade de Salgueiro. Com o primeiro CD lançado em 1994, a banda segue preservando a memória de seus sucessos como "De Janeiro a Janeiro", "Beija Flor" e "Pensando Bemuma".

Dentre diversas formações, a fase com Batista Lima e Samira Pires foi uma das mais marcantes da banda, que conta com 796 mil seguidores no Instagram e os vocalistas Edson Lima e Adma Andrade no comando atual.

Mastruz com Leite

Uma das pioneiras do forró eletrônico, a banda Mastruz com Leite nasceu em Fortaleza, no estado do Ceará, fundada pelo empresário Emanuel Gurgel com famosas regravações de clássicos da MPB dos anos 1990, como "Sozinho", de Caetano Veloso.

Nas canções originais, o grupo preserva o DNA das vaquejadas ao falar de amor e das festas com sucessos como “Meu Vaqueiro, Meu Peão”, “Rei do Baralho” e “Se lembra coração”. Atualmente, a banda se mantém como uma das mais populares do gênero com mais de 1 milhão de seguidores no Instagram e seis integrantes nos vocais ao lançarem o DVD "Rolê Junino", mais novo trabalho do conjunto.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos