Albert Roux, cofundador da dinastia culinária francesa em Londres, morre aos 85 anos

·1 minuto de leitura

LONDRES (Reuters) - O chef francês Albert Roux, que com seu irmão Michel levou restaurantes finos ao estilo parisiense para Londres na década de 1960 e inspirou gerações de chefs, morreu aos 85 anos, informou a família nesta quarta-feira. Ele não estava bem há um tempo.

Os empreendedores irmãos Roux estiveram por trás de um império culinário de restaurantes, livros, programas de televisão e uma prestigiosa competição para chefs, exercendo uma influência quase sem paralelo na cena gourmet britânica.

"Ele foi um mentor para muitas pessoas no setor da hospitalidade e uma verdadeira inspiração para chefs iniciantes, incluindo eu", disse o filho de Albert, Michel Roux Jr, que dirige o restaurante Le Gavroche, fundado em 1967 por seu pai e tio.

O irmão mais novo de Albert, Michel, morreu aos 78 anos em março do ano passado.

Os irmãos, originários da pequena cidade de Charolles, no centro da França, chegaram a Londres em uma época em que a capital britânica não era conhecida pela gastronomia sofisticada.

No início, eles se revezavam na cozinha e na sala de jantar do Le Gavroche, na Sloane Square, no elegante bairro de Chelsea, mas o restaurante foi um sucesso instantâneo e eles logo puderam fazer contratações.

Le Gavroche foi o primeiro restaurante do Reino Unido a obter três estrelas Michelin, a maior honraria no mundo da alta gastronomia.

(Reportagem de Estelle Shirbon)