Aguinaldo Silva afasta preocupação e ostenta troféus do Emmy após demissão da Globo

***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 28.10.2018 - O dramaturgo Aguinaldo Silva antes do encerramento da Mostra Cênica SP 2018. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A demissão da Globo após mais de 40 anos de história parece não preocupar o autor de novelas Aguinaldo Silva, 76. Pelo contrário. Sabe-se lá se com o intuito de alfinetar ou não, ele resolveu posar para foto com dois troféus dos mais importantes: os prêmios Emmy Internacional que recebeu enquanto contratado a emissora.

"Sábado é dia de dar brilho aos troféus aqui em casa", publicou ele no Twitter, canal na internet onde costuma mais aparecer para dar suas opiniões.

Os troféus referem-se aos trabalhos nas novelas "Império" (Globo, 2014) e "Laços de Sangue" (2010, em Portugal), para a qual fez supervisão. Só ele no mundo tem dois Emmy na estante.

Ao longo das mais de quatro décadas, foram mais de 20 trabalhos em conjunto. Destes, "Império" teve grande relevância ao ganhar o Emmy Internacional de Melhor Novela, em 2014.

Porém, o último trabalho de Silva na emissora patinou na audiência. A novela "O Sétimo Guardião", no ar no ano passado, recebeu muitas críticas.

Anunciada como a grande volta de Aguinaldo Silva ao realismo mágico, a novela estacionou entre as cinco piores audiências do horário e ocupou mais a mente do público com fofocas sobre "surubões" e "dark rooms" do que pela trama sobre gatos fantásticos e fontes curativas.