Agora no BBB 22, Linn da Quebrada já fez série na Globo e criticou Pedro Bial

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Pedro Bial
    Jornalista, apresentador de TV, cineasta, poeta e escritor brasileiro
  • Linn da Quebrada
    Atriz e cantora brasileira
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 18.12.2019 - A cantora Linn da Quebrada durante o 1º Prêmio Arcanjo de Cultura, no Theatro Municipal de São Paulo. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 18.12.2019 - A cantora Linn da Quebrada durante o 1º Prêmio Arcanjo de Cultura, no Theatro Municipal de São Paulo. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz e cantora Lina Pereira, 31, conhecida como Linn da Quebrada, é mais uma integrante do grupo Camarote da 22ª edição do Big Brother Brasil (Globo). A artista é conhecida por mostrar suas opiniões políticas e passa a ser a segunda participante trans da história do reality, depois de Ariadna no BBB 11.

Linn nasceu em São Paulo e começou a ganhar projeção no ano de 2017, quando lançou a música "Enviadescer". Além dessa canção, ela também teve outras faixas que tiveram uma boa repercussão entre o público, como "Talento", "Bixa Preta" e "Mulher". No ano de 2018, ela lançou seu primeiro álbum, chamado "Pajubá".

Além da carreira de cantora, Linn também atua e estreou na TV Globo em 2019, na série "Segunda Chamada". Nos cinemas, ela protagonizou, roteirizou e produziu o documentário "Bixa Travesty", que acompanha sua trajetória e mostra o machismo e as diversas formas de transfobia que ela enfrentou em sua vida. O projeto estreou no Festival Internacional de Cinema de Berlim e venceu o Teddy Award de melhor documentário LGBTQIA+.

No ano de 2021, a artista lançou seu segundo álbum, chamado "Trava Línguas", e recentemente ela esteve na faixa "Nada Será Como Antes" de Edi Rock e Ney Matogrosso. Em janeiro deste ano, a cantora compartilhou em suas redes sociais a mudança de seus documentos, que constam agora com seu nome social, Lina Pereira.

Atualmente, Linn possui mais de 300 mil seguidores em seu Instagram. Também no início deste ano, ela compartilhou com seus seguidores o reencontro que teve com seu pai. "Depois de muitos e muitos anos, mais do que eu consigo me lembrar, finalmente nos conhecemos", escreveu na publicação.

No ano de 2021, ela fez críticas ao jornalista Pedro Bial após ele proferir falas consideradas transfóbicas. Na ocasião, Bial relembrou um episódio de quando o jogador Ronaldo teria se envolvido com algumas travestis, no ano de 2008. No entanto, ele se referiu a elas no pronome masculino. "Tantos anos depois, você quer explicar o que aconteceu na história com os três travestis?", perguntou ao ex-jogador.

A fala repercutiu na Internet e levantou a pauta da transfobia. A cantora criticou a atitude do jornalista na ocasião. "É um absurdo. Mesmo depois de ter entrevistado a mim e ter acesso a tanta informação, ainda assim, o Bial se permitir erros tão irresponsáveis e cruéis com nossos corpos. Uma transfobia que corrobora com todo processo de marginalização ligado às nossas identidades. Inadmissível", completou.

A presença de Linn no BBB foi comemorada por levar diversidade ao programa. "Eu sou uma exceção", diz a cantora. "A grande maioria das travestis não tem a possibilidade de trabalhar, de atuar, de ter dignidade na sociedade."

Ela diz que, antes da fama, já pensou em se inscrever no programa para o qual agora chega como convidada. "Eu sou uma grande fã desse programa", afirma. "Vai ser a experiência mais icônica da minha vida!"

Além de Linn, outros nomes como Arthur Aguiar e Pedro Scooby foram confirmados no elenco da 22ª edição do reality, que estreia na próxima segunda-feira, dia 17. A edição marca a estreia de Tadeu Schmidt na apresentação e repete a dinâmica de trazer famosos e anônimos para competir pelo prêmio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos