Agatha Moreira diz que se expressou mal em post de Juliana Paes e reforça que é "fora Bolsonaro"

·2 minuto de leitura
A atriz Agatha Moreira. Foto: reprodução/Instagram/agathaamoreiraa
A atriz Agatha Moreira. Foto: reprodução/Instagram/agathaamoreiraa

Resumo da notícia

  • Agatha Moreira se pronuncia após comentário em vídeo polêmico de Juliana Paes

  • Atriz deixou claro que não apoia Bolsonaro e que quis fazer um "gesto de carinho" para a amiga

  • Ela afirmou que é contra o negacionismo e o "atraso" que o presidente representa

Agatha Moreira usou as redes sociais na madrugada deste sábado (5) para deixar claro que não apoia Jair Bolsonaro. A atriz resolveu justificar o comentário que deixou no vídeo da colega Juliana Paes sobre sua visão política que repercutiu muito esta semana. Ela afirma que se expressou mal na ocasião e se pronunciou sobre as críticas que recebeu desde então.

"Há alguns dias, ao querer fazer um gesto de carinho com uma pessoa que amo, acabei me expressando muito mal em um comentário no Instagram. Quem me conhece e convive comigo sabe que eu tenho verdadeiro horror ao governo Bolsonaro. Tenho nojo da repulsa à vacina, das falas preconceituosas e de todo o atraso que ele representa", afirmou.

Leia também:

O vídeo em que Juliana declarou não apoiar "ideais arrogantes da extrema direita nem delírios comunistas da extrema esquerda" gerou muitos comentários de outros artistas, como Marcos Palmeira, Rafael Cardoso e Letícia Spiller. Agatha deixou uma mensagem de apoio à amiga: "Você é incrível. Obrigada por essas palavras".

No entanto, a publicação "em cima do muro" gerou revolta de muitos internautas nas redes sociais, pela falta de um posicionamento claro em um momento tão grave da pandemia de Covid-19. Após todo o debate público sobre o discurso de Juliana e dos famosos que a apoiaram, Agatha refletiu sobre o caso.

"Entendi o ódio de vocês, porque ele é meu também! Então, como eu posso ter dado margem à dúvida, já que eu agradeci por palavras com as quais eu não concordo (quando eu desejava acolher a exposição de uma grande amiga), quero deixar claro: eu nunca apertei 17, eu nunca apoiei esse desgoverno e nunca apoiarei! Viva a democracia. Autoritarismo e negacionismo, jamais. Fora Bolsonaro!", disparou.

A intérprete encerrou o desabafo acrescentando que poderia sofrer até novas críticas, mas que fossem pela razão certa.

"Eu poderia ficar calada, esperando que isso esfriasse até tudo se acalmar. Eu sei que minhas palavras gerem mais uma onda de ataques. Mas prefiro apanhar pelo que acredito e defendo!", finalizou a atriz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos