Afinal, substituir açúcar por mel é mesmo melhor? Estudo tem resposta!

Que o mel pode ser consumido de diversas formas, todo mundo já sabe. O alimento, que hoje em dia é utilizado até como produto de beleza, é conhecido por promover uma série de benefícios para a saúde, como auxiliar no tratamento de dores de garganta e estimular a produção de serotonina.

Porém, uma de suas funções mais populares é de ser um adoçante natural. Ao ser misturado em receitas, como chás e sucos, o ingrediente é adicionado como substituto do açúcar, a fim de ter as suas propriedades usufruídas e tornar a refeição mais saudável.

Mas trocar o açúcar pelo mel realmente é uma opção interessante? Segundo um estudo publicado na revista científica Nutrition Reviews, sim. A análise revelou que o consumo de mel é associado à diminuição dos níveis de colesterol, assim como ajuda a controlar o açúcar no sangue.

Resultados do estudo

A pesquisa contou com de 1.105 participantes e foi realizada na Universidade de Toronto, no Canadá. Os pesquisadores analisaram 18 ensaios clínicos, oferecendo uma dose diária de 40 gramas de mel para os voluntários.

Os efeitos do consumo de mel exibidos foram:

  • Redução da glicose em jejum;

  • Baixa do colesterol “ruim”;

  • Redução dos triglicerídeos em jejum;

  • Aumento do colesterol “bom”.

O estudo concluiu que o consumo de mel, especialmente o cru não processado, de acácia e o trevo, ajuda a melhorar o controle da glicemia e os padrões lipídios - desde que seja associado a uma alimentação saudável.

...

Veja mais


Veja também

Essa é a dieta que você deve seguir para emagrecer em 2023, segundo a ciência
Maionese de coco: veja como preparar o molho de maneira saudável
Afinal, substituir açúcar por mel é mesmo melhor? Estudo tem resposta!
10 tendências culinárias que foram sucesso em 2022 (e são super saudáveis!)
9 receitas com leite em pó rápidas e fáceis que vão te surpreender