Afastamento de Ralf queima filme de Tiago Nunes até com diretores

Ralf não joga mais no Corinthians, por opção de Tiago Nunes (Marcello Zambrana/Agif)

A decisão de Tiago Nunes de afastar Ralf do Corinthians em 2020 causou irritação geral. As primeiras manifestações foram da torcida, nas redes sociais. Depois, foi a vez de conselheiros cornetarem a opção por liberar o volante para ser negociado. Mas o Blog apurou que até gente da alta cúpula corintiana, extremamente próxima do presidente Andrés Sanchez, não gostou.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

“O Tiago começou muito mal no Corinthians depois dessa”, afirmou um dirigente. “Está queimando um ídolo e isso vai obrigá-lo a dar resultados logo, se não a pressão será em cima do próprio Tiago”, acrescentou o cartola, que faz parte da diretoria.

Leia também:

Tiago Nunes decidiu por excluir Ralf, Jadson e Renê Júnior do elenco profissional por entender que o trio não terá utilidade. Eles nem puderam se apresentar com os demais na última segunda-feira - o retorno das férias deles ocorrerá nesta quarta-feira.

Empresário de Ralf, André Costa afirmou que a decisão pegou a todos de surpresa. Tanto que o volante não havia aberto negociação com qualquer clube, nem no Brasil, tampouco no exterior.

Seu contrato com o Corinthians só termina em 31 de dezembro. “Se a gente não encontrar um clube para lá, vamos assumir integralmente seu salário até o fim do ano”, explica o presidente Andrés Sanchez.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter