Advogado de Marília Mendonça desabafa após fazer reconhecimento do corpo da cantora

·2 min de leitura
Advogado de Marília Mendonça desabafa após fazer reconhecimento do corpo da cantora (Foto: Reprodução/ Instagram @mariliamendonca)
Advogado de Marília Mendonça desabafa após fazer reconhecimento do corpo da cantora (Foto: Reprodução/ Instagram @mariliamendonca)

Resumo da notícia

  • Maurício Carvalho, advogado de Marília Mendonça, foi a pessoa que reconheceu o corpo de Mendonça

  • O advogado fez a descrição do locar do acidente

  • O profissional falou sobre o choque que sentiu ao saber da notícia das mortes

O advogado Maurício Carvalho teve a difícil missão de ir ao Instituto Médico Legal (IML) na última sexta-feira (5) para fazer o reconhecimento das vítimas do acidente aéreo que matou a cantora Marília Mendonça. 

Durante entrevista para o 'Extra', o advogado - que cuidava dos negócios da falecida estrela - descreveu o local do acidente.

Leia também:

"Quando chegamos lá, encontramos passaportes, documentos, celulares ainda recebendo mensagens, iPads, a sandália dela, roupas…. Foi muito triste e impactante olhar aquilo tudo. Colocamos dentro do nosso avião e trouxemos conosco. O resto está sendo catalogado pela polícia para ser entregue às famílias", explicou Maurício. 

Durante o relato comovente, o profissional falou sobre o choque que sentiu ao saber da notícia das mortes. 

"Só foi o tempo de passar no meu apartamento para pegar minhas coisas e partir. Pousamos na cidade mais próxima e percorremos 150 quilômetros até o local do acidente. Fui chorando daqui até lá. Me emocionei muito, sou pai, lembrava do Léo, o filho de Marília, imaginava: 'E se fosse minhas filhas?'. Fiquei em choque, era tudo muito inacreditável", lamentou Maurício. 

Marília viajava a trabalho com mais quatro pessoas quando o avião bimotor em que voava caiu na cidade de Piedade de Caratinga, em Minas Gerais. 

A informação foi confirmada pelo corpo de bombeiros. 

"Nesta sexta (05), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais", dizia a nota da equipe de resgate.

Polícia Civil aguarda laudo para determinar causa da morte de Marília Mendonça

A Polícia Civil fez uma coletiva de imprensa e relatou que as amostras do material genético de todas as vítimas do acidente aéreo que matou Marília Mendonça já estão no Instituto Médico Legal de Belo Horizonte. Os especialistas farão exames de alcoolemia e toxicologia para determinar as causas exatas das mortes. Além de Marília, morreram também Henrique Ribeiro, produtor da artista, Abicieli Silveira Dias Filho, tio e assessor da cantora, Geraldo Martins de Medeiros Júnior, piloto, e Tarciso Pessoa Viana, copiloto.

Os peritos afirmaram que os trabalhos periciais e de investigação já estão em andamento, mas que ainda aguardam alguns exames complementares. A Polícia precisa aguardar o laudo completo antes de divulgar as causas exatas das mortes. A previsão é que todo o inquérito seja concluído em cerca de 30 dias.

* Com informações da redação

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos