Advogado de Chico Anysio pede indenização de R$ 30 mil para viúva e Antônia Fontenelle

*ARQUIVO* Retrato do humorista Chico Anysio em 2008. (Foto: Leonardo Wen/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Malga di Paula, 50, viúva do humorista Chico Anysio, morto há oito anos aos 80 anos, concedeu uma entrevista ao canal de Antônia Fontenelle no YouTube, que está rendendo uma ação judicial. Isso porque Paulo Cesar Pimpa da Silva, advogado do comediante, acusa ambas por calúnia e difamação.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários.

No bate-papo, Malga explica que existiam conflitos entre o advogado e a família. "Ele [Chico Anysio] não ouviu o conselho que eu dei e os amigos deram para trocar de advogado. Ninguém confiava nesse advogado, mas ele continuava confiando", contou.

Leia também

"Este senhor fez um testamento que é uma coisa absurda. Um estudante de direito do primeiro semestre faria algo melhor. Ele fez cheio de erros, não orientou o Chico. Esse testamento deixou um filho fora da partilha da herança", ressaltou a viúva do humorista, que se referiu a Lug de Paula, um dos filhos de Anysio que não recebeu herença.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, Paulo Cesar Pimpa da Silva está pedindo R$ 30 mil de indenização de cada uma, já que ele foi citado em diversos trechos da entrevista. "Na entrevista, a Malga começa a atribuir vários erros a respeito da qualificação e da competência do Paulo", explicou Amanda Saraiva, advogada de SIlva.

Ele alega que Malga di Paula fez "calúnias muito pesadas a seu respeito, dizendo que ele se apropriou indevidamente do dinheiro das salas comerciais do Chico Anysio." A advogada também afirma que Paulo tem sido alvo de ameaças por causa da entrevista.

"Além de caluniar e difamar, ela ainda diz o nome do Paulo por extenso no vídeo, e a partir disso o Paulo começou a receber várias ameaças no escritório dele. As pessoas ligando, passando trote... e isso já está registrado em um boletim de ocorrência que vai virar um processo criminal contra a Malga e contra a Antônia por calúnia e difamação", explica.

Ainda segundo a publicação, o advogado do humorista também acinou a justiça contra Antônia Fontenelle, YouTube e a Jovem Pan, com quem Fontenelle possuí parceria para compartilhar os conteúdos do seu canal. Ele pede para que o vídeo seja retirado do ar.

Até o momento desta publicação, Paulo Cesar Pimpa da Silva e escritório Saraiva e Almeida Advogados, da qual Amanda Saraiva é sócia, ainda não responderam à reportagem.

HISTÓRICO

Em março, a Justiça do Rio de Janeiro declarou nulo o testamento deixado pelo humorista Chico Anysio em decorrência de uma infecção pulmonar. Segundo Adailton Rodrigues, um dos representantes de Malga di Paula, a decisão da 2ª Vara da Família da Barra da Tijuca acontece por que o humorista teria destinado 100% de seu patrimônio, contrariando a determinação legal que destina 50% desses bens aos seus herdeiros. Ele deixou, além da mulher, oito filhos.

A decisão é de dezembro 2019, mas os advogados da mulher do humorista recorreram, pedindo esclarecimentos sobre alguns ponto. O recurso, no entanto, foi negado. Ainda de acordo com o advogado, ele ainda pode recorrer ao Tribunal de Justiça do Rio, o que deve fazer até a próxima semana.

Segundo o ex-colunista do UOL, Léo Dias, o artista deixou um patrimônio estimado em R$ 150 milhões, só que ele deixou de fora do testamento seu filho Lug de Paula, que ficou conhecido pelo personagem Seu Boneco, da Escolinha do Professor Raimundo.