Advogada de Johnny Depp é promovida a sócia do escritório após julgamento

Caderno que detalha julgamento de Johnny Depp e Amber Heard será leiloado por R$ 70 mil  (Foto: AP/Steve Helber, Pool)
Caderno que detalha julgamento de Johnny Depp e Amber Heard será leiloado por R$ 70 mil (Foto: AP/Steve Helber, Pool)

Camille Vasquez, advogada de Johnny Depp, 58, foi promovida a sócia do escritório Brown Rudnick após a vitória no julgamento por difamação movido pelo ator contra a ex-mulher, a atriz Amber Heard, 36, na semana passada. O julgamento foi transmitido pela televisão.

Leia também:

Caderno que detalha julgamento de Johnny Depp e Amber Heard será leiloado por R$ 70 mil

Camille foi o centro das atenções por seus interrogatórios e argumentos finais durante o processo de seis semanas em um tribunal na Virgínia. "Estamos muito satisfeitos em receber Camille na parceria", disse William Baldiga, presidente e CEO da Brown Rudnick.

No comunicado, Baldiga disse que costuma reservar anúncios como este para o final do ano fiscal, mas o desempenho de Camille durante o julgamento do ator provou ao mundo que ela estava pronta para dar o próximo passo. "Estamos incrivelmente orgulhosos dela e ansiosos pelo que ela realizará como nossa mais nova parceira."

Durante o julgamento, Camille foi vista rindo, abraçando Depp e provou ser uma inimiga de Heard e sua equipe de advogados. Mesmo no julgamento parecendo zombar da alegação de abuso doméstico e sexual de Heard, a postura e precisão da advogada provaram ser poderosas dentro e fora do tribunal.

"Estou muito feliz que Brown Rudnick me deu todo o seu voto de confiança ao me juntar à parceria", disse Camille após a promoção.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos