Adult Swim rompe com criador de 'Rick and Morty' após caso de violência

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Adult Swim, bloco de programação para adultos do canal Cartoon Network, rompeu relações com Justin Roiland, cocriador e uma das vozes da série "Rick and Morty". Ele foi acusado cometer violência doméstica em Orange County, na Califórnia, segundo informações do portal NBC News.

"Adult Swim encerrou sua assocação com Justin Roiland", afirmou Marie Moore, que é vice-presidente sênior de comunicações da empresa, num comunicado divulgado nesta terça-feira (25).

A acusação de violência contra Roiland foi feita por uma pessoa com quem ele se relacionou em 2020. Ele se declarou inocente das acusações da vítima, cujo nome não foi revelado, ainda naquele ano.

O advogado de Roiland, T. Edward Welbourn, disse no início do mês que a cobertura da mídia foi "imprecisa". "Justin é inocente e temos toda a expectativa de que este assunto seja encerrado assim que o escritório do promotor distrital concluir sua revisão das evidências", afirmou.

"Rick and Morty" é uma das animações adultas mais populares já feitas. Disponível na HBO Max, a série acompanha as viagens para universos paralelos feitas pelo cientista Rick, que tem problemas com bebida, e seu neto Morty.