Aos 48 anos, Adriane Galisteu quer mais: "Sou uma mulher que gosta de trabalhar"

·5 min de leitura
Adriane Galisteu fala de volta da Record e desejo do filho de ser ator (Foto: Reprodução/Instagram@adrianegalisteu)
Adriane Galisteu fala de volta da Record e desejo do filho de ser ator (Foto: Reprodução/Instagram@adrianegalisteu)

Adriane Galisteu está se sentindo em casa. De volta à TV aberta, ela aceitou a missão de apresentar a quinta temporada do "Power Couple Brasil", da Record, e tem ganhado destaque. O programa foi comandado com maestria por Gugu Liberato até a última temporada, em 2019.

Na estreia como nova apresentadora, amiga próxima do apresentador, Galisteu mostrou ser uma escolha acertada. Cheia de carisma, ela conduziu a disputa com a naturalidade de quem domina perfeitamente as câmeras, arrancando uma série de elogios nas redes sociais.

Leia também

“Encaro essa volta de uma forma muito especial porque foi nessa emissora que cresci como apresentadora, aprendi a fazer programa ao vivo e levei prêmios importantes da televisão brasileira.”

Com uma carreira extensa na TV, seu último trabalho foi interpretando a personagem Zelda, da novela “O Tempo Não Para”, da Rede Globo. E ela quer mais. A apresentadora acabou de completar 48 anos e fala com empolgação sobre seus novos sonhos profissionais. Nas redes, Galisteu tem 500 mil espectadores no programa Sem Filtro, no Youtube. No Instagram, ela é seguida por 3,7 milhões de pessoas.

“Confesso a você que estou querendo sempre mais e isso não significa que eu não esteja feliz até aqui, eu sou muito feliz, tenho muita gratidão por tudo que conquistei, pelas pessoas que me ajudaram a chegar até aqui também, porém, quero muito mais.”

Neste bate-papo, Galisteu confessa seus sonhos pessoais, revela se participaria de algum reality show e fala sobre a vontade do filho Vittorio, de 10 anos, de ingressar na carreira artística.

De volta à Record, como você encara esse retorno? Foi bem recebida?

Sim, sempre fui bem recebida na emissora. É como se nunca tivesse saído (risos), tenho uma relação especial com eles, sempre me senti em casa até quando era convidada para participar de algum programa, ou ia para alguma reunião. Encaro essa volta de uma forma muito especial, porque foi nessa emissora que cresci como apresentadora, aprendi a fazer programa ao vivo e levei prêmios importantes da televisão brasileira — no comandado do "É Show" — e voltar à frente de um programa que já é sucesso na casa é ainda mais prazeroso. Muita emoção!

E como é estar de volta à TV aberta?

Especial demais! Na verdade, nunca estive fora da TV, né? Porque há dois anos fiz uma novela, na Rede Globo, mas realmente estava fora da função que eu gosto que é apresentar um programa. Ou seja, continuei dentro, nunca sai dela (risos). De fato, voltar pra TV aberta numa emissora que eu fiquei quatro anos é muito emocionante pra mim. E estou muito feliz em voltar após dezessete anos.

"Power Couple" é um programa que o público ama. É muita responsabilidade já entrar com toda essa bagagem, fãs?

Sim, como falei anteriormente já existe um programa de sucesso na casa e a responsabilidade só aumenta. Mas é o que amo fazer.

Viver o presente hoje pra mim já é um sonho (em dia)Adriane Galisteu

Participaria de algum reality show como "BBB", "A Fazenda", ou o próprio "Power Couple"?

Eu participaria. Mas acredito que o Ale não participaria, ou seja, provavelmente a gente não iria para um Power Couple (risos).

Aos 48 anos, Adriane ainda tem um grande sonho profissional?

Sou uma mulher que gosta de trabalhar e o segredo é não parar, adoro desafios e inovar. E como todos sabem já fiz de tudo um pouco na televisão — apresentando programas ou fazendo novela — rádio, no streaming com o meu podcast, que estou amando fazer. Tem meu canal no Youtube, já fiz cinema e teatro. Mas confesso a você que estou querendo sempre mais. E isso não significa que não esteja feliz até aqui, sou muito feliz, tenho muita gratidão por tudo que conquistei, pelas pessoas que me ajudaram a chegar até aqui também, porém, quero muito mais. Não sou capaz de descrever só uma, duas ou três coisas que gostaria, entende? Quero sonhar mais e mais e assim correr atrás desses sonhos, sou dessas.

Já teve vontade de ter outras profissões? Deixar a mídia e se dedicar a outra coisa?

Imagina! Não me vejo em outro lugar, desde criança sonhava estar onde estou. Não me vejo em outra profissão (risos), sou da televisão, da internet, do rádio, sou da comunicação.

Vittorio já está com 10 anos. Ele tem vontade de seguir na carreira artística? Você apoia?

Vittorio é uma criança cheia de personalidade, comunicativo, é uma coisa impressionante, pra ele não tem tempo ruim, ele se vira. Sinceramente não sei, o que ele decidir eu vou estar do lado aplaudindo e apoiando, ele sabe disso. Tem horas que ele quer ser jogador de futebol, depois ele quer ser cantor de funk, depois ele quer ser tenista (risos), depois ele quer fazer novela, até já me pediu para fazer uns testes, ele já fez teatro — quando era mais novo — e ele gosta mesmo dessa função.

Vittorio acha que tem um canal no YouTube, ele grava os vídeos dele, eu ainda não abri o canal, mas já tenho vários vídeos. Ele é um menino muito expansivo e quero que ele seja o que faz ele feliz. Se ele resolver encarar a minha profissão vou estar do lado dele, se ele quiser encarar o do pai — que é empresário e trabalha com números — eu também vou estar do lado dele. Ele tem que ser e fazer o que for verdade pra ele. Mas que ele é expansivo e se comunica bem isso não tenho dúvida (risos).

Qual o seu grande sonho pessoal hoje em dia?

A chegada da vacina era um sonho, hoje com minha mãe vacinada (com as duas doses) esse sonho foi realizado; voltar para TV aberta era outro sonho e estou realizando agora com o “Power Couple”, mas quero mais (risos). Como já falei, gosto de sonhar para correr atrás, quero estar sempre pronta para o que vem por aí. Quero fazer ainda mais viagens, conhecer outros países, viver e estar sempre perto de quem eu amo. Viver o presente hoje pra mim já é um sonho (em dia).

O que o Brasil pode esperar de Adriane de volta à TV?

Ainda mais diversão, leveza e entretenimento. Porque essa é minha função para todos que me acompanham (nas redes) e me assistem agora na Record TV de segunda à sábado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos