Adriana Garambone sobre criação do filho: ‘Se cometo erro, peço desculpas para ele ver que também erro’

Foto: Fernando Barreto/Divulgaçã

Por Ana Paula Bazolli

Você vai ver que tenho razão”. “Prefere aprender comigo ou com a vida?”. Todo mundo já ouviu essas frases da mãe e agora se vê repetindo com os filhos coisas que jurava que nunca faria.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Em depoimentos sinceros, 15 celebridades contam os ensinamentos maternos que carregam para as próximas gerações na série "Só Mãe Sabe".

A atriz Adriana Garambone conta que não foi muito amiga de sua mãe quando jovem e justamente por isso deseja fazer diferente com o filho Gael, de 4 anos. Com amizade e parceria, ela se orgulha de ser para o menino, a matriarca que sempre sonhou.

O que você aprendeu com sua mãe e vai passar para o filho?

Eu e minha mãe éramos mais rivais que parceiras. Só ficamos amigas quando me tornei adulta e isso foi um aprendizado por linhas tortas. Hoje sou muito parceira do meu filho, converso muito com ele e vejo que o diálogo funciona. Nunca precisei nem tive vontade de ameaçar nem de bater. Gosto de ver que meu filho confia em mim e sou honesta com ele, não o engano. Mas se cometo algum erro, peço desculpas, para ele saber que eu também erro.

O que você só entende agora que é mãe?

Aprendi que ser mãe não é nada fácil. A gente fica muito cansada e muito preocupada com tudo. Com a saúde, a educação, o futuro, as amizades, as injustiças, as frustrações e a superproteção. Via minha mãe com muita preocupação e achava chato. Hoje entendo completamente.

Que tipo de mãe você se tornou e jurava que não seria?

Acho que estou sendo exatamente a mãe que sempre imaginei que seria. Curto meu filho. Adoro a companhia dele e dou muita atenção às questões e necessidades dele, mas também respeito meu limite e espaço. Mostro pra ele que também tenho minha vida. O caminho é longo, ainda vamos passar por muitas fases e só Deus sabe o que será... mas até aqui estamos nos saindo muito bem.