Adriana Bombom desabafa após morte da mãe, vítima da Covid-19: "Julgaram até o meu luto"

Redação Vida e Estilo
·1 minuto de leitura

Em entrevista ao jornal “Extra neste domingo (6), Adriana Bombom desabafou sobre a morte da mãe, Dona Eernestina, que morreu em novembro de 2020 vítima de complicações da Covid-19. De acordo com a atriz, foi horrível ser julgada por não ter cancelado seus compromissos profissionais após a morte da mãe, e disse que a vida precisa continuar.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

‘Infelizmente, já ouvi até críticas de pessoas questionando o meu estado de luto. Um dia depois da morte de minha mãe, por exemplo, fui até o hospital onde ela estava internada para me reunir com pessoas para a entrega de uma grande quantidade de produtos de uma campanha beneficente que eu mesmo havia promovido em prol da instituição hospitalar. A vida precisa continuar”, explicou.

Veja também

Adriana Bombom lamentou o relaxamento da quarentena e dos cuidados em relação à Covid-19, e alertou seus seguidores sobre a necessidade de cuidado. "Tenho realmente visto crescer o número de pessoas contaminadas (pelo coronavírus), e eu fiquei mais sensível ainda pelo fato de ter convivido com este problema de forma tão próxima e fatal. O que posso dizer para as pessoas é que tomem as devidas precauções e cuidados, pois é uma doença muito traiçoeira, que vem atacando de forma surpreendente, mesmo aqueles que aparentemente não tem fragilidades".

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube