Adoçante natural ou artificial: qual escolher? Conheça os principais e descubra a diferença entre eles!

 - TudoGostoso/Shutterstock
- TudoGostoso/Shutterstock

Adoçante é um produto que ganhou popularidade como substituto do açúcar, principalmente para quem precisa controlar a presença desse componente no sangue, como diabéticos. O consumo do ingrediente no dia a dia, porém, ainda gera muitas dúvidas. Além disso, há tantas versões nas prateleiras que é difícil escolher sem conhecer um pouco sobre os ingredientes. Para ajudar você nessa tarefa, decidimos explicar quais são os principais adoçantes naturais e artificiais do mercado e qual a diferença entre eles. Assim, você faz escolhas mais conscientes e garante uma alimentação mais saudável!

Adoçante natural e artificial: qual o melhor?

Para começar, é importante dizer que nenhum ingrediente sozinho pode ser considerado o vilão de uma dieta, e a regra também vale para os adoçantes. De forma geral, os produtos com origem mais natural, extraídos de frutas e plantas, por exemplo, devem ser priorizados. Eles passam por menos processos químicos e tendem a causar menos malefícios para a saúde. De qualquer forma, devem ser incluídos na alimentação em pequenas quantidade e com bastante moderação.

Quais são os adoçantes naturais?

Adoçantes naturais são encontrados naturalmente em frutas, plantas e vegetais. As substâncias costumam ser produzidas a partir da extração ou fermentação desses ingredientes, de forma que não passam por menos reações químicas. Entre os principais estão:

Frutose

Frutose é encontrada em frutas e no mel. O adoçante tem sabor mais doc...

Veja mais

Veja Também

Tem diferença entre polenta e angu? Vem que o TudoGostoso te conta!

Essas receitas doces com queijo provam que esse ingrediente fica delicioso até em sobremesas!

Aperol Spritz: aprenda com o TudoGostoso como fazer esse drink famoso