Adnet denuncia ofensa de militar após revelar abuso, e Marinha promete apurar o caso

Redação Vida e Estilo
·2 minuto de leitura
Marcelo Adnet. Foto: divulgação/TV Globo
Marcelo Adnet. Foto: divulgação/TV Globo

O humorista Marcelo Adnet denunciou em suas redes sociais uma ofensa após revelar publicamente que sofreu abuso sexual na infância. O autor do comentário foi identificado como funcionário da Marinha, e a instituição informou que o caso será apurado.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Comentário do cidadão de bem sobre eu ter sofrido abuso sexual quando criança. Cabe processo?”, questionou o ator no Twitter, na última sexta-feira (10), ao compartilhar a mensagem ofensiva.

Leia também:

Na publicação apagada, Fabrício Diniz, que se intitula conservador, de direita, professor de Educação Física e técnico de Enfermagem, afirmava: “Deve ter gostado de dar a bunda, daqui a pouco se assume”.

Os seguidores de Adnet salvaram uma imagem com o comentário e ajudaram o comediante a identificar seu local de trabalho.

Em seguida, o artista questionou: “Marinha do Brasil, seu membro acaba de exaltar o estupro contra menores. Alguma providência? Obrigado, no aguardo!”.

Em resposta, a Marinha afirmou que “repudia qualquer atitude que ofenda a dignidade humana e a ética” e informou que um procedimento administrativo seria instaurado, a fim de “adotar as medidas administrativas decorrentes”.

Adnet agradeceu o posicionamento da instituição e reforçou que a violência e a apologia à violência contra crianças precisa ser combatida.

Outra seguidora de Adnet comentou ainda as “desculpas esfarrapadas” de Fabrício, que chamou o caso de “mal-entendido” e afirmou que alguém teria usado sua conta para proferir o ataque. Depois da repercussão do episódio, o perfil dele está indisponível na plataforma.