Adam Sandler é hackeado e invasores chamam Obama de 'macaco'

Foto: Evan Agostini/Invision/AP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Adam Sandler, 53, teve sua conta no Twitter hackeada nesta quinta-feira (2). Uma série de comentários com conteúdo sexual foi publicada em sua conta por alguns minutos, antes de ela ser recuperada pelo ator.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Segundo informações do portal Fox News, várias mensagens racistas, sexistas e anti-semitas também apareceram no Twitter de Sandler, mas foram rapidamente retiradas. Uma delas, inclusive, se referia ao ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama como um "macaco".

Outro tuíte dizia: "Eu acabei de fazer sexo por telefone com Mariah Carey". A cantora também foi hackeada há alguns dias, e em ambos os casos, o grupo "Chuckling Squad" assumiu a responsabilidade pela invasão das contas.

Sandler foi um dos destaques entre as produções audiovisuais da Netflix em 2019. Segundo a plataforma de streaming, "Mistério no Mediterrâneo", filme que ele protagoniza com Jennifer Aniston, foi a produção mais procurada durante o ano, seguida por "Esquadrão 6", com Ryan Reynolds, e "O Date Perfeito", com a brasileira Camila Mendes, conhecida pela série "Riverdale".



A lista considera todos os títulos (licenciados e originais) que entraram na plataforma em 2019 e está ranqueada pelo número de contas no Brasil que escolheram assistir pelo menos dois minutos da produção durante os primeiros 28 dias após o lançamento.



Apesar do ranking, a Netflix não divulgou o número de assinantes que assistiu a cada um dos filmes. Com mais de 158 milhões de assinantes no mundo, a plataforma é o maior serviço de streaming do mundo, mas está enfrentando com a nova concorrência da Disney, que tem removido seus filmes, colocando-os no serviço de streaming Disney +.