Acusado pela esposa de agressão, Victor Chaves é indiciado pela Polícia de Minas Gerais

Cantor sertanejo responderá na Justiça após queixa feita pela mulher dele, Poliana Bagatini, que está grávida (Reprodução/Instagram/@victorchaves)

O cantor Victor Chaves, 41, que faz dupla com o irmão Léo, 40, foi indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais após ter sido acusado de agredir a esposa dele, Poliana Bagatini Chaves, 29, há cerca de 1 mês.

De acordo com o portal “G1”, a conclusão do inquérito foi divulgada nesta terça-feira (4) após a perícia das imagens do circuito de segurança do prédio do casal. “A Polícia Civil, diante das provas coletadas, concluiu pelo indiciamento de Vitor Chaves pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688, vias de fato, conforme demonstrado no laudo pericial das imagens das câmeras de segurança do prédio e pelo depoimento da vítima”, declarou a Polícia em nota oficial enviada para a imprensa.

Felipe Martins Pinto, advogado do artista sertanejo que já negou em entrevistas que ele tenha batido na companheira, afirmou para o site “Ego” que o famoso recebeu a notícia e a encarou com tranquilidade. “Eu não tive acesso ao relatório da delegada, onde vai apontar a conclusão do caso. Mas ele já sabe (que foi indiciado), e está tranquilo. Ele confia na Justiça, e na apuração do caso”, declarou o profissional que defende Victor Chaves.

Leia mais:
Descontrolado, Marcos surta e discute com todos os participantes do ‘BBB17’
Após acusação de assédio, Globo pode afastar José Mayer de novela de Aguinaldo Silva

O advogado também disse que o fato de Victor ser indiciado não indica reviravolta no caso, já que há algumas semanas a delegada que cuida do processo informou que o exame de corpo de delito deu negativo para lesão corporal. “Não houve lesão, isso já está provado. Então não houve uma reviravolta. Tenho que ver o relatório para ver os fundamentos”, confirmou Felipe Martins.