Acupuntura: saiba o que é e quais são os benefícios para a saúde

Ludimila Honorato
Nilton Fukuda/Estadão

A acupuntura é uma antiga técnica de cura desenvolvida há milhares de anos dentro da medicina tradicional chinesa. Nessa concepção, uma doença é uma manifestação de desequilíbrio e as finas agulhas agiriam para readquirir a harmonia perdida. A terapia é um dos 29 procedimentos disponíveis à população no Sistema Único de Saúde (SUS).

Muitos estudos discorrem sobre os efeitos da acupuntura, desde a aplicação para recuperação motora, passando por dor crônica, dermatite atópica até intervenção após um acidente vascular cerebral.

A técnica chinesa se mostra eficaz para amenizar todos os tipos de estresse, enxaqueca, reduzir cólica e equilibrar o sono de crianças e é uma boa alternativa também como terapia complementar a fim de reduzir o consumo de medicamentos. Em entrevista anterior ao E+, o acupunturista André Tsai, presidente do Colégio Médico de Acupuntura de São Paulo (CMAeSP), disse que a acupuntura "não vai tratar tudo", mas melhora o estado da pessoa, ainda mais quando unida à medicina ocidental.

Para as mulheres, as sessões podem ser benéficas em diferentes momentos da vida. "Durante a adolescência, quando elas se encontram em plena transformação do organismo pelo amadurecimento e desenvolvimento hormonal, a acupuntura pode auxiliar nos fluxos menstruais irregulares", diz o ginecologista e obstetra Luciano Curuci, especialista em acupuntura e membro do CMAeSP.


Durante a gestação, o médico afirma que a técnica melhora as náuseas e vômitos característicos em algumas mulheres no primeiro trimestre. "A dor lombar, que acompanha muitas gestantes durante todo o pré-natal e que se intensifica no terceiro trimestre, também tem um alívio muito grande com a aplicação de técnicas de acupuntura", diz.

O mecanismo de ação da acupuntura, porém, ainda não foi completamente elucidado, segundo Marcus Vinícius Ferreira, médico formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e especialista em acupuntura e medicina oriental. "Sabe-se que o estímulo dos pontos leva à produção de substâncias que teriam ação sobre receptores do sistema nervoso e que o resultado final seria a normalização das funções alteradas", explica. Além de promover relaxamento muscular, a técnica tem ação anti-inflamatória.

Mas ter uma ou mais agulhas espetadas pelo corpo, e a ideia de que elas promoveriam tantos benefícios, pode parecer estranho — e dolorido. Além disso, quanto tempo seria necessário ficar com os objetos introduzidos na pele? Confira essas e outras dúvidas sobre acupuntura na galeria abaixo, respondidas por Marcus Vinícius Ferreira, que também é autor do livro O que é acupuntura?.