Activision Blizzard: Diretora de compliance abandona cargo na empresa

Frances Townsend, a diretora de compliance da Activision Blizzard, que anteriormente foi criticada por suas ações após as notícias do processo de assédio sexual da empresa, deixou o cargo na empresa e agora atuará como consultora do conselho e do CEO Bobby Kotick.

Conforme relatado pela Bloomberg, Townsend optou por renunciar antes do acordo de US$ 68,7 bilhões que, se for aprovado, fará com que a Microsoft adquira a Activision Blizzard e as diversas franquias icônicas das quais é dona, incluindo Call of Duty, Warcraft, Overwatch, Diablo e mais.

Image Credit: Riccardo Savi/Getty Images for Concordia Summit
Image Credit: Riccardo Savi/Getty Images for Concordia Summit

Como mencionado anteriormente, Townsend foi criticada por funcionários da Activision Blizzard e outros por suas ações após o anúncio público do processo movido contra a Activision Blizzard por alegações de "cultura de fraternidade" e assédio sexual.

Depois que a notícia do processo foi divulgada, Townsend chamou as alegações de "distorcidas" e "falsas". Embora ela tenha dito que sua declaração foi feita “seguindo” as orientações do advogado sobre a linguagem, e que o resultado final não soava mais como sua voz. Ela então twittou um link para um artigo intitulado "O problema com a denúncia" em sua rede social pessoal. Após esses eventos, Townsend deixou o cargo de patrocinador executivo da ABK Women's Network.

Antes da decisão de sair, Townsend também atuou como vice-presidente executiva de assuntos corporativos por dois anos.

“Fran fez um trabalho realmente excepcion...

Activision Blizzard: Diretora de compliance abandona cargo na empresa
Leia Mais