Acabou! Separação de Gisele Bündchen e Tom Brady é confirmada e ex-casal assina papeis de divórcio

Depois de meses de especulações, a revista People confirma que o casamento de Gisele Bündchen e Tom Brady chegou ao fim após 13 anos de união. A crise teria começado quando o atleta desistiu de se aposentar. A modelo revelou, em entrevista recente, que gostaria que ele tivesse mais tempo para a família.

Segundo a People, Gisele e Tom assinaram os papeis do divórcio na Flórida na manhã desta sexta-feira (28). "O acordo está todo resolvido. Eles vêm trabalhando nos termos esse tempo todo", disse uma fonte da revista. Sobre os filhos do casal, Benjamin e Vivian, eles decidiram pela guarda compartilhada.

Outra fonte ouvida pela revista revelou que Tom está magoado com os eventos recentes no casamento. "Ela é quem dirige o divórcio. Ela está jogando no ataque e ele está jogando na defesa. Ele quer se proteger, proteger seus interesses, mas ele está apenas começando a seguir o caminho legal em sua defesa contra a dela. Ele não quer que isso seja feio, ele não quer. Se o divórcio está acontecendo - e parece que está - ele quer que seja o mais tranquilo possível", relatou.

O ULTIMATO DE GISELE BÜNDCHEN A TOM BRADY

De acordo com fontes do site US Weekly, Gisele tentou evitar o divórcio nas últimas semanas e deu um ultimato a Tom.

"Gisele disse a Tom que ou ele deixa o futebol para passar um tempo com a família ou ela se vai para sempre. Ela não quer que ele continue se machucando e não possa aproveitar a vida no futuro. Ela está fazendo isso por sua família", relatou a fonte.

Veja mais


Veja também

Separação de Gisele Bündchen e Tom Brady: imprensa internacional dá detalhes sobre os motivos do divórcio. Descubra!
Gisele Bündchen e Tom Brady desabafam após confirmarem divórcio e modelo entrega motivo: 'Nunca é fácil, mas...'
Gisele Bündchen e Tom Brady têm primeira briga em processo de divórcio: 'Coisas estão muito ruins'