Abertura de nova unidade da Pinacoteca é adiada para março

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A abertura para o público da nova unidade da Pinacoteca de São Paulo, prevista inicialmente para 25 de janeiro, foi adiada para 4 de março. Segundo o governo estadual, as obras no museu atrasaram por causa das fortes chuvas que têm atingido a capital paulista neste início de ano. Este será o terceiro espaço da instituição, no bairro paulistano do Bom Retiro.

De acordo com o novo cronograma, os serviços na parte interna da Pinacoteca Contemporânea serão finalizados no dia 25, e da área externa, no dia 2 de fevereiro. A limpeza do prédio está programada para ocorrer entre 5 e 14 de fevereiro. O período posterior até a inauguração será utilizado para a montagem das duas primeiras mostras: "Quase Coloquial", da artista sul-coreana Haeque Yang, e "Chão da Praça", exposição coletiva com peças do acervo.

Segundo a Secretaria da Cultura e Economia Criativa do estado de São Paulo, a nova data de abertura também levou em considerou o calendário de eventos do Carnaval na região, "de forma a não impactar o fluxo dos visitantes e dos foliões".

Com quase 6.600 metros quadrados de área construída —e 3.550 metros de área expositiva—, a Pinacoteca Contemporânea se junta à Pina Luz e a Pina Estação para formar um complexo artístico com pouco mais de 22 mil metros quadrados de área total no centro da cidade.

No dia 29 de dezembro, o então governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), chegou a inaugurar oficialmente o espaço, embora as obras ainda não estivessem concluídas, como mostrou a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.