ABBA vai lançar primeiro disco em 40 anos e voltará aos palcos de forma digital

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A banda sueca ABBA voltará aos palcos em maio de 2022. O grupo musical, porém, se apresentará não em carne e osso, mas por meio de avatares digitais rejuvenescidos que serão acompanhados de uma banda ao vivo com dez integrantes.

Ainda em 2021, no dia 5 de novembro, o quarteto lança um novo álbum de estúdio, "Voyage", que será o tema do futuro concerto. Este será o primeio disco de inéditas dos suecos em 40 anos.

O show, que será realizado numa arena com capacidade para 3.000 pessoas situada no Parque Olímpico Rainha Elizabeth, em Londres, será o resultado da parceria entre o grupo e a empresa Industrial Light&Magic.

A companhia, fundada por George Lucas e dedicada à produção de efeitos especiais para filmes, ficou responsável por criar as versões digitais dos músicos a partir de técnicas de captação de movimento, segundo o anúncio da Universal Music, a gravadora do álbum.

Duas músicas no novo álbum, as canções "I Still Have Faith in You" e "Don't Shut Me Down," já foram lançadas e estão disponíveis nas plataformas de streaming. O lançamento das duas faixas encerra um período de quatro décadas de inatividade do grupo sueco, cujos membros vinham empreendendo projetos independentes.

"A principal inspiração para gravar novamente vem de nosso envolvimento na criação do show mais estranho e espetacular que você jamais poderia sonhar. Vamos ser capazes de nos sentar numa plateia e assistir aos nossos 'eus' digitais tocando nossas músicas em um palco", diz o grupo numa carta aberta divulgada pela gravadora Universal Music.

Formado em 1972 na Suécia e composto pelos casais de músicos Agnetha Fältskog, Björn Ulvaeus, Benny Andersson e Anni-Frid Lyngstad, o ABBA vendeu milhões de cópias de discos com suas músicas pop até sua dissolução em 1982. "Dancing Queen", uma de suas canções mais famosas, foi alçada ao Grammy Hall of Fame em 2015.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos