Abba fecha acordo em processo contra banda cover pelo uso do nome Abba Mania

·1 min de leitura
Show do Abba Mania em Malton, no Reino Unido

Por Jonathan Stempel

NOVA YORK (Reuters) - O grupo sueco Abba fechou um acordo em um processo em que acusava uma banda cover britânica de usar o nome Abba Mania sem permissão.

O Abba entrou com um processo em 3 de dezembro na corte federal do distrito de Manhattan acusando os empresários do Abba Mania de "condutas parasitárias e de má fé" por comercializar sua fama e boa vontade e fazer os fãs pensarem que o Abba endossava o Abba Mania.

Também acusou os réus de rejeitarem uma exigência para mudarem o nome da banda e o site abbamania.com, ou usarem "Abba Tribute" de uma maneira que não confundiria as pessoas.

O Abba retirou seu processo por violação de direitos autorais com prejuízo após um acordo ser firmado, segundo uma ação judicial nesta quinta-feira. Um dos advogados da banda disse à Billboard que o Abba Mania não usará mais esse nome.

Advogados do Abba e da Polar Music International AB, que administra as questões comerciais da banda, não responderam em um primeiro momento aos pedidos por comentários nesta sexta-feira.

As corporações respondendo pelo Abba Mania, Handshake Ltd, de Manchester, Inglaterra, e TAL Entertainment Ltd, de Bicester, Inglaterra, não responderam em um primeiro momento a pedidos similares.

(Reportagem de Jonathan Stempel em New York)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos