Abajur polêmico de Claudia Leitte custa R$ 11 mil e é banhado a ouro

Abajur da casa de Claudia Leitte custa R$ 11,5 mil (foto: Leo Franco/AgNees // Reprodução)
Abajur da casa de Claudia Leitte custa R$ 11,5 mil (foto: Leo Franco/AgNees // Reprodução)

Resumo da Notícia:

  • Claudia Leitte se viu em uma polêmica ao mostrar um canto de sua casa

  • A artista tem um abajur em forma de arma em cima de uma bíblia

  • Ela se explicou dizendo que a junção da religião com armas não tem ligação política

Claudia Leitte quis mostrar um pedaço da sua casa para os fãs e acabou se envolvendo em uma grande polêmica. Isso porque no canto escolhido pela cantora havia uma bíblia embaixo de um abajur em formato de pistola automática dourada.

Há menos de 20 dias das Eleições 2022, os símbolos remetem diretamente ao presidente Jair Bolsonaro (PL), que tenta a reeleição com um programa de governo norteado em pautas de costumes com base na religião. A cantora também já se declarou diversas vezes protestante.

A questão é que ela se explicou dizendo que os vídeos compartilhados não tinham nenhum teor político e a arma dourada, que é um abajur, foi um presente que recebeu há cerca de 10 anos de um amigo. Ele próximo da bíblia daria, para ela, uma conotação das armas de Deus.

Criado pelo designer francês Philippe Starck, de 73 anos, a peça faz parte de um conjunto de itens de casa com teor ‘futuristas’ que contam com cadeiras e poltronas que são falsificadas em todo o mundo. Ele também assina o projeto de decoração de hotéis, como o Fasano do Rio de Janeiro.

O abajur em questão é banhado e faz parte da coleção Gun, que conta com três peças que reproduzem diferentes tipos de armas, a da cantora brasileira é vendida por R$ 11,5 mil. Cerca de 20% do lucro dos itens é doado à ONG Frères des Hommes, que trabalha no combate à pobreza em diversos países.