'A Viagem' pode ser reprisada mais 20 vezes e sempre fará sucesso

Baárbara Martinez
·2 minuto de leitura

“A Viagem”, vem comprovando o que há muito já se sabia: ela é um sucesso atemporal, que sempre atrai espectadores não importa quantas vezes seja reprisada. E olha que a novela de Ivani Ribeiro já teve diversas reprises. Mas afinal, se a trama já foi vista tantas vezes, por que o público continua voltando para ver a mesma história de novo e de novo?

Abaixo, listamos alguns motivos que fazem da novela um sucesso imortal:

Leia também

Tema espírita

Novela A Viagem está sendo reprisada no Canal Vivia. Foto: Acervo Globo
Novela A Viagem está sendo reprisada no Canal Vivia. Foto: Acervo Globo

O primeiro ponto é claramente a abordagem espírita da trama. Com uma história que envolve vida após a morte e espíritos obsessores, “A Viagem” costura uma narrativa que é ao mesmo tempo diferente e que encanta o público falando sobre assuntos que tocam no imaginário, na curiosidade e até mesmo na fé de diversos espectadores.

No folhetim, Alexandre (Guilherme Fontes), se mata após ser preso, mas jura vingança. Mais tarde, ele volta como um fantasma, que usa sua influência para corromper e destruir aqueles que ele acredita que lhe fizeram mal.

A história não só consegue ser cativante do ponto de vista temática, mas também visual. Com representações do Nosso Lar e o infame Vale dos Suicidas, a trama criou uma identidade estética que dura até hoje.

Ela ainda emociona com sua mensagem de que a vida não acaba, e que o amor dura até depois da morte, e leva o público a sonhar com universos para além de sua compreensão.

Personagens cativantes

Novela A Viagem está sendo reprisada no Canal Vivia. Foto: Divulgação
Novela A Viagem está sendo reprisada no Canal Vivia. Foto: Divulgação

O casal formado por Otávio (Antônio Fagundes) e Diná (Christiane Torloni) se tornou um dos mais queridos da história da teledramaturgia. Os dois atores esbanjaram química em cena e emocionaram o público com suas idas e vindas. Tanto, que até hoje, talvez “A Viagem” seja o único caso em que o público torce para a mocinha morrer, para que ela possa se reunir no paraíso com seu amado (uma trama que já é por si só bastante ousada).

Também ajuda que a novela é repleta de outras figuras marcantes, como o próprio Alexandre, do qual muitos ainda tem pavor, a carinhosa Estela (Lucinha Lins), Guiomar (Laura Cardoso), que era manipulada por Alexandra, e o misterioso Adonay (Breno Moroni), conhecido como o Mascarado.

Nostalgia e saudade

Novela A Viagem está sendo reprisada no Canal Vivia. Foto: Divulgação
Novela A Viagem está sendo reprisada no Canal Vivia. Foto: Divulgação

“A Viagem” é uma dessas novelas que marcou época, um sucesso que fica para sempre na memória afetiva do público. Por isso, quando ela reprisa, é como se os espectadores voltassem ao passado, para um tempo do qual eles têm saudades. Poucas são as tramas que conseguem isso.

Mas, talvez justamente por suas mensagens espirituais, “A Viagem” seja especialmente eficiente nesse quesito, pois é uma trama que nos leva a relembrar o passado, mas com fé de que o futuro será melhor, não importa o que aconteça.