A menstruação pode ser sua aliada na prática esportiva, basta conhecer seu ciclo

Uso sua menstruação ao seu favor (Foto: Getty Images)

Por Natália Leão (@natileao_)

Não é preguiça, é TPM! Se você praticou - ou tentou praticar - um esporte nesses dias que antecedem a menstruação, sabe que uma simples caminhada no parque pode parecer um martírio.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Não se culpe, mais do que mexer com suas emoções, seu ciclo menstrual afeta diretamente a disposição para a prática de atividades físicas. Isso não significa que você deve ficar na cama esperando o melhor dia do ciclo para treinar.

Leia também

Pelo contrário, centenas de estudos já comprovaram que os hormônios liberados durante a prática de atividades físicas ajudam a reduzir os sintomas negativos da TPM, por exemplo. “O ciclo menstrual é uma verdadeira roda gigante hormonal, um sobe e desce de uma série de hormônios que atuam em todo o organismo feminino”, explica a ginecologista especializada em performance feminina. Por isso, o importante para toda mulher que quer praticar atividades físicas durante todo o mês é conhecer seu ciclo e usá-lo a seu favor.

Entendendo o ciclo menstrual

Antes de mais nada, é importante entender o básico de um ciclo menstrual. “Os períodos menstruais variam muito de mulher para mulher, mas normalmente têm entre 28 e 30 dias”, explica a endocrinologista Gabriela Castello Branco. Se você toma pílula anticoncepcional combinada, ou se utiliza outros métodos contraceptivos hormonais, seu ciclo é restrito e definido pelo medicamento. Para todas as outras mulheres, a forma mais prática de compreender o ciclo é utilizando aplicativos que auxiliam na contagem, como o Flo, Clue, Calendário Menstrual e Maia. Neles, você informa o primeiro dia da menstruação e o app ajuda a prever as próximas fases do ciclo.

Esporte nos dias da menstruação

Quando a menstruação chega seus hormônios estrogênio e progesterona estão baixos, pode haver cólica, fluxo em excesso e até algum grau de anemia. Nesses dias, o ideal é não exigir demais do corpo. “O momento de treinos regenerativos com ritmo leve, como uma caminhada, pilates e um pedal no parque”, orienta Gabriela.

O sangramento acaba sua disposição dispara

Seis dias após o fim da menstruação ocorre o aumento progressivo do principal hormônio feminino chamado estradiol. “Esse hormônio está relacionado à melhora da disposição, aumento da força muscular, resistência e bem-estar. É nesse período do ciclo que as mulheres que praticam esporte conseguem desfrutar do seu melhor momento de desempenho”, explica Cidinha. Nesses dias, aposte em treinos intensos e de endurance, como crossfit, corridas de longa distância e um pedal mais demorado.

Ovulação e pós-ovulação

“Entre o décimo segundo e vigésimo quarto dia do seu ciclo, referentes ao período ovulatório e pós ovulatório, seu corpo tem maior tolerância a estímulos dolorosos devido ao pico da progesterona”, diz Gabriela. Hora de aumentar as cargas da musculação ou investir em treinos intervalados de alta intensidade. Mas atenção, nessa fase a fadiga pode aparecer mais cedo. Ou seja, momento da explosão!

A temida TPM

Provavelmente você estará se sentindo cansada, irritada e desanimada. Faz parte. “Atividades físicas leves e moderadas também fazem parte do tratamento para TPM, pois ajudam a liberar endorfinas e serotonina, aumentando a sensação de bem-estar e diminuindo a fadiga”, explica Cidinha. Por isso, é importante manter os exercícios de menor intensidade e mais prazerosos nesta fase. Vá para uma aula de yoga, faça natação, dança e outras atividades que te façam sentir bem. O fica calma, o ciclo sempre trará algo novo no dia seguinte.