A maldição dos seguidores: Gizelly e Marcela tropeçam na própria arrogância

As participantes ficaram confiantes quando souberam que cresceram nas redes (Foto: Reprodução/Globo)

Ganhar seguidores é um dos objetivos das pessoas que participam do ‘BBB’ atualmente. Para muitos, trabalhar como influenciador digital é uma alternativa caso o prêmio não seja conquistado. Nesta edição em especial, a Globo convidou algumas pessoas que já eram bem conhecidas na web, mas até elas aceitaram participar da experiência pensando em crescer no Instagram e em outras plataformas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Entre os participantes que entraram anônimos na edição atual do reality, Marcela foi quem mais ganhou seguidores até aqui. A médica, que era a favorita na primeira semana, conta com 3,4 milhões de pessoas em seu perfil. Ela nem precisou deixar o programa para descobrir que já se tornou uma influencer!

Leia também:

Quando Daniel e Ivy entraram no jogo, após participarem da Casa de Vidro, a informação foi revelada para ela. A loira ficou muito feliz com a notícia e passou a se sentir mais confiante na competição.

Depois que descobriu o favoritismo, porém, Marcela entrou em contradição em alguns discursos, defendeu o namorado quando deveria ser mais firme, mudou com algumas amigas e incomodou o público ao acreditar que seu grupo seria sempre o dono da razão.

O balde de água fria veio com a eliminação de Daniel na última terça-feira (24). Marcela cogitou pela primeira vez que poderia não ser tão querida pelo público mesmo tendo muitos seguidores. Gizelly, que faz parte do grupo das ex-fadas sensatas está caindo na mesma armadilha.

A advogada descobriu que tem mais de 2 milhões de seguidores nesta quinta-feira (26). A revelação veio em uma das fotos da família dela no quarto do líder. Na imagem, os parentes de Gizelly aparecem comemorando os 2 milhões de seguidores com um bolo e balões que fazem referência ao número. Muitos influenciadores costumam fazer esse tipo de postagem quando alcançam a marca.

Gizelly ficou tão empolgada e confiante que voltou a falar no assunto várias vezes. Ela pediu para as meninas contarem a história para Felipe Prior se sentir ameaçado. Em outro momento, sugeriu que cada seguidor faça uma doação de R$ 1 para ela caso não ganhe o programa. Nas redes sociais, o público já está achando que subiu à cabeça.

Vale lembrar que número de seguidor não define os rumos do programa. Bianca Andrade, a Boca Rosa, é seguida por mais de 10,5 milhões de pessoas e nem por isso escapou da eliminação. O hipnólogo Pyong Lee também tem um Instagram bombado com mais de 7,7 milhões de pessoas, mas deixou a atração em um paredão contra Babu Santana, que tem apenas 2 milhões.

O que faz as pessoas seguirem os participantes não é apenas a torcida. Muitos começam a acompanhar para ficar por dentro do que está rolando no programa ou até mesmo descobrir informações sobre o passado da pessoa. Quem gera um conteúdo interessante, como Marcela (a sister já falava sobre sexualidade feminina na internet), também atrai mais seguidores.