“A Fazenda”: Sabrina Paiva chora após confirmação de racismo

Sabrina Paiva ao receber da RecordTV a informação sobre o desligamento do profissional e as orientações sobre futuras ações criminais (reprodução / Playplus)

Sabrina Paiva, que está confinada em “A Fazenda”, foi informada no início da tarde desta quarta-feira (6) que ela realmente foi vítima do crime de racismo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

A peoa recebeu um envelope da produção explicando sobre a sumária demissão do operador de câmera que a chamou de “macaca” na noite desta terça-feira (5). Além de informar da retirada do profissional do quadro de funcionários, a Miss São Paulo 2016 foi informada como pode tomar medidas judiciais sobre o caso.

Leia também

"Eu tinha certeza que eu tinha ouvido, que bom que isso aconteceu. Fico mais tranquila”, comentou a modelo ao comentar sobre o envelope com a influencer Thayse. “Eles podiam ter ignorado isso, e a gente nem teria ficado sabendo o que rolou ou não", respondeu.

Logo depois do papo, Sabrina pediu aos peões que não a incomodassem se recolheu na área externa da mansão. Após chorar muito ela foi consolada por Hariany, Lucas e Rodrigo Pavanello com palavras de motivação e carinho.

Reunidos à mesa para o almoço, os peões começaram a comentar sobre a produção do reality. "Vamos ver se param essas piadinhas atrás dos espelhos agora, né?", afirmou Rodrigo Phavanello. Na hora a direção mudou a transmissão de cômodo, mas a conversa era a mesma. "Eu já ouvi umas coisas do tipo também, umas zoeiras. Um dia eu estava com a Tati na cama, rolou um esquenta e eu parei, porque já imaginei que podia ter gente vendo. Aí ela perguntou porque, e eu só ouvi alguém zoando", lembrou Guilherme.