9 coisas que você deveria estar fazendo para prevenir o câncer

Vida e Estilo International

Um dos principais órgãos mundiais de saúde fez um alerta afirmando que o estilo de vida dominado pelo sedentarismo e pelo consumo de alimentos processados está fomentando a obesidade e provocando um aumento dramático nos índices de câncer em todo o mundo.

O World Cancer Research Fund (WCRF) divulgou nove recomendações para ajudar o público a prevenir o câncer, e elas incluem substituir o refrigerante pela água, cortar as carnes processadas, como o bacon, caminhar mais e passar menos tempo sentado.

Cerca de uma em cada seis mortes anuais em todo o mundo é causada pelo câncer. Conforme mais países adotam estilos de vida ocidentais, espera-se que o número de novos casos aumente em 58%, atingindo 24 milhões de pessoas em 2035.

Então, o que podemos fazer para reduzir o risco de contrair esta terrível doença?

Fast food is a no-no.
O fast food é uma péssima escolha.

O novo relatório do WCRF, chamado de ‘Dieta, nutrição, atividade física e câncer: Uma perspectiva global’, é o resultado de uma revisão contínua de décadas de evidências coletadas por especialistas independentes e renomados de todo o mundo. Ele recomenda que as pessoas sigam as seguintes recomendações:

  1. Manter um peso saudável

Mantenha seu peso dentro de um patamar saudável e evite o ganho de quilos extras na vida adulta. O sobrepeso e a obesidade estão associados a 12 tipos de câncer: fígado, ovário, próstata (avançado), estômago, boca e garganta, intestino, mama, bexiga, rim, esôfago, pâncreas e útero.

  1. Ser fisicamente ativo

O WCRF afirma que ser fisicamente ativo deveria fazer parte da nossa vida cotidiana – então, caminhe mais e sente-se menos. Ser fisicamente ativo pode ajudar a nos proteger de três tipos de câncer: intestino, mama e útero.

  1. Manter uma dieta rica em grãos integrais, vegetais, frutas e leguminosas

O órgão aconselha que estes alimentos sejam a prioridade na sua dieta diária.

  1. Limitar o consumo de fast food e outros alimentos processados ricos em gorduras, amidos e açúcares

Isso ajuda a controlar a ingestão calórica e a manter um peso saudável.

  1. Limitar o consumo de carnes vermelhas e processadas

Não coma mais do que porções moderadas de carne vermelha, como carne de boi, porco e carneiro. Coma o mínimo possível, ou evite completamente, as carnes processadas, como o presunto.

  1. Limitar o consumo de bebidas ricas em açúcares

Beba principalmente água e bebidas sem adição de açúcar.

  1. Limitar o consumo de álcool

Para prevenir o câncer, o ideal é não consumir álcool. Sua ingestão é fortemente associada a um risco mais alto de desenvolver seis tipos de câncer.

  1. Evitar usar suplementos

Tente suprir suas necessidades nutricionais por meio da dieta.

  1. Amamentar seus filhos, se for possível

O WCRF afirmou que isso “é benéfico tanto para a mãe quanto para o bebê”.

A Dra. Giota Mitrou, diretora de financiamento de pesquisa e relações externas do WCRF, disse: “Nossa pesquisa mostra que é improvável que alimentos ou nutrientes específicos sejam fatores individuais importantes para causar ou prevenir o câncer. Por outro lado, diferentes padrões de alimentação e atividade física ao longo da vida se combinam para torná-lo mais ou menos suscetível ao câncer”.

“Nossas recomendações trabalham como um guia para reduzir o risco de câncer no qual as pessoas podem confiar, pois são baseadas em evidências que provaram ser consistentes, por décadas”.

O WCRF disse que embora estes hábitos não possam garantir uma vida sem câncer, as evidências sugerem que eles definitivamente podem desempenhar um papel na redução do risco.

O órgão também sugeriu que as pessoas sigam estas recomendações após receberem um diagnóstico de câncer, se seu médico estiver de acordo com isso, e disse que é preciso parar de fumar, além de evitar a exposição ao tabaco e ao excesso de sol, para reduzir o risco.

Eluned Hughes, chefe de saúde pública e informação do Breast Cancer Now, disse: “Esta revisão fundamental ressalta alguns passos vitais que muitos de nós podemos adotar para reduzir ativamente o nosso risco de ter câncer no futuro. Com a incidência da doença aumentando cada vez mais, precisamos usar qualquer oportunidade para preveni-la – e as evidências indicam que nós poderíamos prevenir até 50% dos casos de câncer incentivando as pessoas a manterem estilos de vida mais saudáveis.

“Com mais mulheres sendo diagnosticadas com câncer de mama do que nunca, precisamos ver um foco renovado e um investimento dos governos do Reino Unido para promover estilos de vida saudáveis e sustentáveis. Embora as evidências ofereçam recomendações claras para adotarmos, prevenindo assim a doença, é essencial que as mulheres que querem reduzir seu risco sejam completamente apoiadas. Nós encorajamos que qualquer um que esteja preocupado com o impacto do seu estilo de vida sobre o seu risco de desenvolver um câncer converse com seu médico sobre o assunto”.

Natasha Hinde